domingo 5 de julho de 2020
Home / NOTÍCIAS / 25 anos de SEI, 65 anos de história: conheça a importância da instituição para o desenvolvimento da Bahia
quinta-feira 28 de maio de 2020 às 12:01h

25 anos de SEI, 65 anos de história: conheça a importância da instituição para o desenvolvimento da Bahia

NOTÍCIAS


Em 2020, a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) completou 25 anos de existência como superintendência e nesta última quarta-feira (27), comemora 65 anos de história dedicada ao planejamento no estado da Bahia. Atualmente, a SEI se constitui no principal provedor de dados do estado, atendendo a demandas provenientes de várias esferas do governo, dos municípios e da sociedade civil. Com o slogan “25 anos de SEI, 65 anos de história”, é comemorada a importância da instituição.

Criada pelo Decreto n° 16.261, de maio de 1955, a Comissão de Planejamento Econômico (CPE), dirigida inicialmente pelo economista Rômulo Almeida, recebeu a incumbência de elaborar estudos e pesquisas para subsidiar o planejamento governamental. Como tal, o órgão se constituiu na primeira experiência institucional de planejamento no Brasil, sendo responsável pela realização de importantes estudos e projetos no estado da Bahia. Em 18 de janeiro de 1995, por força da Lei n° 6.812, ocorreu a fusão entre a Fundação Centro de Projetos e Estudos e a autarquia Centro de Estatísticas e Informações, sendo criada a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI).

Em alusão aos seus 25 anos de atuação, foi realizado em janeiro, na sua sede, um encontro entre a atual diretoria, os diretores-gerais que passaram pela instituição, o secretário do Planejamento, Walter Pinheiro, e servidores. Na ocasião foi discutida a importância da SEI para o planejamento e desenvolvimento da Bahia, os trabalhos realizados pela instituição até os dias atuais e os anseios para o futuro da mesma.

Para comemorar os 65 anos de história da instituição, ocorre hoje (27) o lançamento de um vídeo, onde os atuais diretores relatam a trajetória de cada diretoria e sua importância para missão da SEI em promover “Informação a serviço da Sociedade”, e o lançamento do livro Memórias da Economia Baiana, uma obra elaborada com o intuito de reproduzir textos sobre a história econômica da Bahia escritos pelos mais renomados cientistas baianos dos séculos XX e XXI. Além de artigos, o livro traz uma seção especial, com depoimentos de renomados personagens que atuaram na “vida econômica” do estado e foram fundamentais para as transformações ocorridas no passado e para as que estão em curso atualmente. Entre eles, Aristeu de Almeida, irmão do saudoso Rômulo Almeida, que ajudou a preservar o seu legado. Também se destacam os depoimentos de Edson Pitta Lima, Fernando Cardoso Pedrão, Antônio Plínio Pires de Moura, Noelio Dantaslé Spinola, Antônio Alberto Machado Pires Valença e José de Freitas Mascarenhas, grandes nomes da Economia, que fizeram parte das maiores transformações da Bahia no século XX.

Veja também

Sergio Moro critica Augusto Aras e teme ‘revisionismo’ da Lava Jato

x-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro criticou ontem manifestações do procurador-geral da República, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!