terça-feira 24 de novembro de 2020
Foto: MPDFT/Divulgação
Home / CURIOSIDADES / 46 candidatos declaram ao menos R$ 1 milhão em espécie
sexta-feira 30 de outubro de 2020 às 15:39h

46 candidatos declaram ao menos R$ 1 milhão em espécie

CURIOSIDADES, NOTÍCIAS


Quarenta e seis candidatos a prefeito, vice-prefeito ou vereador informaram em suas declarações de bens à Justiça Eleitoral possuir ao menos R$ 1 milhão guardado em espécie. Ao todo, os candidatos disseram possuir R$ 1,26 bilhão em dinheiro vivo em seus patrimônios.

Os dados foram consultados pelo UOL com base nas informações disponibilizadas pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Para chegar à soma, entretanto, a reportagem descartou um valor declarado por um vereador de Bragança Paulista (SP) —ele afirmou ter R$ 73 milhões em espécie, informação incompatível com seu patrimônio registrado.

Em maior número, os candidatos a vereador têm uma soma de R$ 709 milhões, enquanto entre postulantes a prefeito esse valor chega a R$ 405 milhões. Analisando os vices, o valor total é de R$ 152 milhões.

Aqueles que tentam chegar a uma prefeitura são maioria entre candidatos que guardam muito dinheiro em casa: 29 declararam ter R$ 1 milhão ou mais em espécie, seja em moeda nacional ou estrangeira. Já entre concorrentes à Câmara Municipal, 11 declararam ter esse valor em dinheiro vivo. Entre os políticos como vice nas chapas, os milionários com dinheiro vivo totalizam seis.

Segundo reportagem da Folha, o dinheiro declarado em espécie tem sido um dos parâmetros da PF (Polícia Federal) nesta campanha. Um policial ouvido disse que a declaração de dinheiro vivo em casa é considerada um “dado de inteligência relevante” para o mapa de distribuição dos drones que a PF prepara para apurar possíveis crimes no dia da eleição.

Procurada, a PF informou ao UOL que “não investiga pessoas, investiga fatos”. “A PF também não comenta nem confirma possíveis investigações em andamento”, completa.

Importante frisar que não há irregularidade em manter dinheiro em espécie nem isso constitui indício de crime de qualquer natureza.

Líder em dinheiro vivo tem R$ 17 milhões

O candidato que mais declarou ter dinheiro em espécie foi Jonas Muniz (PSDB), prefeito de Cruz (CE) e que tenta a reeleição. Na declaração que fez ao TSE, ele diz ter R$ 70 milhões em patrimônio, sendo R$ 17 milhões em espécie guardados na data de 31 de dezembro de 2019. Em 2016, o mesmo candidato declarou ter R$ 40,3 milhões em patrimônio.

Na declaração deste ano, Muniz faz outras oito citações de valores em espécie, mas que seria dinheiro emprestado a outras pessoas ou para capital de giro de empresas que pertencem a ele.

O UOL procurou Muniz para que saber se ele gostaria de comentar sua declaração de bens, mas não obteve retorno até a publicação deste texto. Ele será atualizado assim que ele se pronunciar.

Veja também

Senadores esperam filmagem para decidir futuro de Irajá acusado de estuprar modelo

O andamento das investigações e o registro que foi feito tanto na boate quanto no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!