segunda-feira 8 de março de 2021
Foto: Reprodução/Rede Bahia
Home / NOTÍCIAS / ACM Neto muito otimista com apoio do PDT a candidatura de Bruno Reis
sexta-feira 21 de agosto de 2020 às 10:19h

ACM Neto muito otimista com apoio do PDT a candidatura de Bruno Reis

NOTÍCIAS, POLÍTICA


O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), abriu concessão na decisão de não falar sobre política durante a pandemia do novo coronavírus e indicou nesta quinta-feira (20), que o apoio de PDT e PL à candidatura de Bruno Reis (DEM) a prefeito de Salvador está próximo de ser selado.

Conforme publicou o Bahia Notícias, apesar de assegurar ainda não haver martelo batido sobre o assunto, Neto admitiu que os partidos são dos “mais importantes” que podem ampliar a aliança de Bruno e se disse “muito otimista” com a possibilidade de receber novas siglas na sua base.

“Nós temos, de um lado, os partidos que integram a minha base e, do outro, os partidos que não integram a minha base e estão conversando sobre a possibilidade de apoio à candidatura de Bruno a prefeito. Quem tem liderado essas conversas é o próprio Bruno, mas eu também tenho acompanhado. Ainda não temos nenhuma decisão, mas estamos muito otimistas com a possibilidade de ampliar ainda mais esse arco de alianças que se formou em torno de Bruno”, afirmou o prefeito quando questionado sobre a chegada de novos partidos para a coligação de Bruno.

Indagado sobre se esse arco de alianças seria ampliado com PDT e PL, que negociam o embarque na base de Neto, o prefeito, também presidente nacional do DEM, indicou que as conversas não se limitam apenas a esses partidos. Mas ressaltou a proeminência das siglas.

“Estão [PDT e PL] entre os partidos com os quais estamos conversando. Eu não esgotaria apenas aí, mas são dos dois dos mais importantes partidos com quem a gente vem conversando.”

O Bahia Notícias diz na publicação que fontes que acompanham as conversas com as siglas que as negociações estão avançadas. Elas estão sendo tocadas mais diretamente por Bruno Reis e junto aos diretórios estadual e municipal dos partidos – no caso do PDT, o presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, acompanha de perto as articulações. Em relação ao PL, a boa relação de Neto com a principal liderança nacional da agremiação, Valdemar Costa Neto, ajuda a diminuir eventuais resistências a uma aliança.

Aliança com PDT

Atualmente na base do governador Rui Costa, PDT e PL têm motivações diferentes na transferência de grupo político.

Entre os pedetistas, a aliança tem contornos nacionais e visa as eleições de 2022. Por um lado, o DEM apoiaria a campanha de Ciro Gomes à Presidência da República. Por outro, o PDT retribuiria a “gentileza” política ao marchar com Neto em sua provável candidatura ao governo do estado.

No PL, o motivo é menos pragmático e mais paroquial. Sentindo-se relegado a espaços poucos prestigiados na administração de Rui Costa (PT), o partido busca no DEM a valorização que não encontrou com o petista. Afinal, como diria aquele ditado popular, quem não dá assistência, perde para a concorrência.

Veja também

Luciano Huck se pronuncia sobre decisão de Fachin que anula condenações de Lula

Apresentador e virtual candidato à Presidência da República, em 2022, Luciano Huck usou o Twitter …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!