domingo 20 de junho de 2021
Foto: Antonio Milena/Arquivo Abr
Home / NOTÍCIAS / Ações da Embraer sobem forte após anúncio de negociação de ‘carro voador’
sexta-feira 11 de junho de 2021 às 06:15h

Ações da Embraer sobem forte após anúncio de negociação de ‘carro voador’

NOTÍCIAS


A Embraer confirmou nesta quinta-feira (10), que está em negociação com a empresa norte-americana Zanite para combinação de negócios envolvendo a Eve, subsidiária integral da empresa e responsável pelo desenvolvimento de seu veículo elétrico de pouso e decolagem vertical (ou eVTOL, na sigla em inglês e como é chamado o “carro voador” no mercado aéreo).

De acordo com o Estadão Conteúdo, em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a fabricante brasileira diz que a sua subsidiária dedicada ao desenvolvimento de um sistema de mobilidade aérea urbana (UAM) iniciou negociações relacionadas a uma possível combinação de negócios, com a Zanite Acquisition Corp., uma companhia de capital aberto dos Estados Unidos com propósito específico para aquisição.

“As negociações com a Zanite estão em curso”, diz a empresa, lembrando que não pode prever se a Eve chegará a um acordo definitivo ou quais serão os seus termos.

Depois do anúncio da negociação, as ações da Embraer chegaram a subir mais de 14% na Bolsa brasileira. Às 11h51, os papéis ON subiam 12,66%.

Em comentário a clientes, os analistas Victor Mizusaki e Pedro Fontana, do Bradesco BBI, avaliam que a notícia é positiva para a Embraer, já que a fabricante brasileira de aeronaves tem um valor de mercado de US$ 2,5 bilhões e apenas a Eve Urban Air Mobility sozinha poderia atingir um valor de mercado de US$ 2 bilhões.

Eles lembram que, desde o início de 2021, a Embraer e a Zanite anunciaram três negociações semelhantes de fusão e aquisição (M&A, na sigla em inglês): 1) Joby com a Reinvent Technology, 2) Archer com a Atlas Crest Investment Corp e 3) Lilium num acordo com a Qell Acqusition Corp.

Recentemente, a Embraer anunciou que recebeu duas encomendas do eVTOL: uma de 50 veículos para a Helisul Aviation, empresa que opera helicópteros na América Latina, e uma de 200 unidades para a Halo, companhia que fornece serviços de helicópteros e mobilidade aérea urbana privada nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Tanto no caso da Helisul como no da Halo, as entregas devem começar a partir de 2026.

Veja também

Polarização entre Lula e Bolsonaro indica fracasso de lideranças da terceira via

O PSDB marcou suas prévias para as calendas de novembro, num gesto celebrado como exercício …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!