quinta-feira 15 de abril de 2021
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Aiba e PM-BA discutem projetos de segurança para o oeste baiano
domingo 21 de fevereiro de 2021 às 16:32h

Aiba e PM-BA discutem projetos de segurança para o oeste baiano

NOTÍCIAS, OESTE BAIANO


A colaboração dos produtores rurais, por meio da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), com a Polícia Militar tem gerado, ao longo dos últimos anos, grandes benefícios para os habitantes do campo e das cidades do oeste baiano. Para dar continuidade à parceria e aperfeiçoar as ações e projetos mantidos entre as partes, representantes das instituições participaram de uma reunião, na sede do Comando de Policiamento Regional Oeste (CPRO), em Barreiras, na última semana.

“Os produtores têm consciência dos benefícios desse esforço conjunto, porque conheceram a realidade anterior, que apresentava uma ameaça constante aos estabelecimentos rurais”, declarou o presidente da Aiba, Odacil Ranzi. “Com a cooperação entre essas duas entidades avançamos significativamente na segurança no campo, que trouxe reflexos muito positivos para a segurança na cidade”, finalizou.

“O combate ao crime é bem mais caro e menos eficiente que o trabalho preventivo. Por isso essa parceria deu tão certo”, disse o coronel Osival Moreira Cardoso, comandante do CPRO. Ainda conforme o oficial, a Operação Safra, idealizada pela Aiba e executada pela Polícia Militar, contribuiu para fechar as rotas de fuga, impedindo, assim, assaltos a instituições financeiras, roubos de defensivos e crimes diversos.

Somente em 2020, foram realizadas 7.114 visitas a propriedades rurais, com a apreensão de 39 armas de fogo e 2.500 veículos fiscalizados, segundo estatística da Polícia Militar.

Moisés Schmidt, primeiro vice-presidente da Aiba, abordou a inovação trazida pela Operação Safra e ressaltou a importância da continuidade das ações de segurança, com reforço de dispositivos tecnológicos. “Precisamos acelerar a adoção das tecnologias que estão sendo formuladas, porque vão potencializar o rastreamento e a vigilância em toda a região”, afirmou.

Participaram das conversas, o tenente-coronel Camilo Uzêda, subcomandante do CPRO, o diretor-financeiro da Aiba, Hélio Hopp, e o atual coordenador da Operação Safra, Luiz Stahlke.

Veja também

Brasileiro perdeu quase 2 anos de expectativa de vida na pandemia, e 2021 deve ser pior, diz demógrafa de Harvard

O brasileiro perdeu quase dois anos de expectativa de vida em 2020 por causa da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!