sábado 31 de julho de 2021
Foto: Assessoria
Home / NOTÍCIAS / AL-BA: Deputado propõe Medalha do Mérito 2 de Julho a jovem de 13 anos
segunda-feira 19 de julho de 2021 às 16:52h

AL-BA: Deputado propõe Medalha do Mérito 2 de Julho a jovem de 13 anos

NOTÍCIAS


O deputado estadual Jacó (PT) pretende reconhecer o trabalho de Clara Beatriz Maciel Nunes Dourado, 13 anos, com a Medalha do Mérito 2 de Julho. Clarinha, como é mais conhecida, filha de Maria José Maciel e Paulo Nunes Dourado, é a idealizadora do projeto Casinha de Livros, no município de Irecê, e se tornou referência nacional.

Em sua justificativa, Jacó informa que Clara tinha 10 anos quando criou o Casinha de Livros, que consiste em casinhas de madeira (minibibliotecas) espalhadas pelas praças públicas da cidade com o objetivo de facilitar o acesso à leitura de crianças, adolescentes e adultos.

“Os usuários são incentivados a pegar um livro e doar outro, ideia simples, mas de uma forte disseminação cultural”, diz o deputado.

Encaminhado no último dia 13 à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o Projeto de Resolução prevê a entrega da honraria, a mais alta da Casa, em sessão especial, “a uma jovem do sertão da Bahia, merecedora de apoio, homenagens e honrarias desta Casa pelo trabalho desenvolvido para fortalecimento da educação e da cultura no nosso estado”, afirma o parlamentar.

Clara teve a ideia do projeto numa viagem a Salvador, entusiasmou-se com uma experiência similar num shopping e conversou com os pais. Hoje já são 9 casinhas: 6 em Irecê, 1 na comunidade quilombola Lagoa das Batatas, na cidade de Ibititá, 1 em Central, 1 em Salvaterra, na Ilha do Marajó (PA).

Encaminhado no último dia 13 à Mesa Diretora da AL-BA, o Projeto de Resolução prevê a entrega da honraria, a mais alta da Casa, em sessão especial, “a uma jovem do sertão da Bahia, merecedora de apoio, homenagens e honrarias desta Casa pelo trabalho desenvolvido para fortalecimento da educação e da cultura no nosso estado”, afirma o deputado.

Em sua justificativa, Jacó informa que Clara tinha 10 anos quando criou o Casinha de Livros, que consiste em casinhas de madeira (minibibliotecas) espalhadas pelas praças públicas da cidade com o objetivo de facilitar o acesso à leitura de crianças, adolescentes e adultos.

“Os usuários são incentivados a pegar um livro e doar outro, ideia simples, mas de uma forte disseminação cultural”, diz Jacó.

No início deste ano, Clara entrou para uma lista de 15 Jovens Transformadores do Brasil, escolha feita pela ong Ashoka, fundada na Índia, pelo americano Bill Drayton, em 1980. Cerca de 10 mil títulos já passaram pelo projeto Casinha de Livros.

Veja também

Vereador Átila do Congo assume presidência do Patriota em Salvador

Após reunião com membros municipais e estaduais do Patriota, na última quinta-feira (29), o vereador …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!