domingo 24 de janeiro de 2021
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Alexandre Frota e André Janones oficializam candidaturas a presidente da Câmara
quinta-feira 14 de janeiro de 2021 às 16:59h

Alexandre Frota e André Janones oficializam candidaturas a presidente da Câmara

NOTÍCIAS, POLÍTICA


Os deputados federais Alexandre Frota (PSDB-SP) e André Janones (Avante-MG) oficializaram nesta quinta-feira (14) suas candidaturas à presidência da Câmara dos Deputados.

A eleição que definirá o novo presidente da Câmara será no início de fevereiro. Na próxima semana, será definido o formato da votação, se somente presencial ou híbrido (presencial e remoto), em razão da pandemia do novo coronavírus.

Conforme o G1, Frota e Janones são candidatos avulsos, isto é, não contam com o apoio formal dos partidos aos quais são filiados. Como a votação é secreta, os parlamentares não precisam seguir a orientação das siglas.

Além deles, outros deputados já anunciaram que pretendem entrar na disputa para comandar a Câmara nos próximos dois anos.

Novas candidaturas podem ser apresentadas até a reta final. O cronograma ainda não foi divulgado, mas, geralmente, isso pode ser feito até a véspera ou horas antes da votação.

Os candidatos

Saiba quem são, até o momento, os candidatos à presidência da Câmara (por ordem alfabética):

  • Alexandre Frota (PSDB-SP): Candidato avulso. Defende uma Câmara independente em relação ao Executivo e a abertura de processo de impeachment de Bolsonaro.
  • André Janones (Avante-MG): Candidato avulso. Promete pautar a volta do auxílio emergencial. Diz que menos de cinco deputados apoiam publicamente sua candidatura, mas calcula que pode chegar a 10 parlamentares nas eleições, que serão realizadas com voto secreto.
  • Arthur Lira (PP-AL): Tem apoio do Palácio do Planalto e fechou bloco com nove partidos (PL, PP, PSD, Republicanos, PROS, Podemos, PSC, Avante e Patriota), que somam 195 deputados.
  • Baleia Rossi (MDB-SP): Tem a candidatura articulada pelo atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e conseguiu formar um bloco com 11 partidos (PT, PSL, MDB, PSB, PSDB, DEM, PDT, Cidadania, PV, PCdoB e Rede), que somam 258 deputados.
  • Capitão Augusto (PL-SP): Candidato avulso. Coordenador da frente parlamentar de segurança pública, conhecida como a bancada da bala, tem conversado com deputados de “bancadas vocacionadas” – como a da segurança pública e a evangélica. Pretende lançar sua candidatura no dia 28 de janeiro.
  • Fábio Ramalho (MDB-MG): Candidato avulso. Tem investido no contato individual com os parlamentares. Pretende lançar a sua candidatura na semana que vem.

Veja também

Marcha dos prefeitos a Brasília em defesa dos municípios será em outubro

O maior evento municipalista da América Latina tem nova data para acontecer. Devido ao cenário …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!