segunda-feira 1 de março de 2021
Home / DESTAQUE / Apenas dois deputados baianos tiveram todas as emendas de 2020 pagas; veja lista
sexta-feira 29 de janeiro de 2021 às 05:11h

Apenas dois deputados baianos tiveram todas as emendas de 2020 pagas; veja lista

DESTAQUE, NOTÍCIAS


Em 2020, apenas dois deputados baianos tiveram todas as emendas pagas pelo governo federal. Conforme levantamento publicado pelo Bahia Notícias, os parlamentares foram João Carlos Bacelar (PL) e Waldenor Pereira (PT). Eles foram os únicos com 100% do valor pago, de acordo com levantamento feito pelo Bahia Notícias, utilizando informações do Portal da transparência da União. O mecanismo equivale a recursos federais que podem ser direcionadas pelos parlamentares, não sendo embolsadas por deputados e senadores.

João Carlos Bacelar (PL) teve ao todo R$ 15.940.454,00 pagos em emendas, 100% do valor empenhado pelo deputado. Já Waldenor Pereira (PT) teve R$ 15.887.434,04 pagos pelo governo, com o valor também correspondendo à totalidade do valor empenhado em 2020.

Entre os cinco deputados que mais tiveram emendas pagas estão: Pastor Sargento Isidório (AVANTE) com R$ 15.840.454,00 e 99% do valor empenhado, José Nunes (PSD) teve R$ 14.139.588,66 correspondendo a 92% do valor empenhado e Mário Negromonte JR. (PP) com total de R$ 14.258.396,35 com total de 89% do valor empenhado.

Arte: Priscila Melo / Bahia Notícias

Já entre os deputados federais que menos tiveram emendas pagas estão: Alice Portugal (PCdoB) com R$ 4.953.327,91 em emendas que correspondem a 34% do valor empenhado, Raimundo Costa (PL)  R$ 5.867.702,44 correspondendo a 37% do empenhado. Já Lídice da Mata (PSB) teve  R$ 5.715.788,32 pagos, 38% do valor empenhado. Entre os deputados que menos tiveram emendas ainda estão Alex Santana (PDT) com R$ 6.756.653,00 sendo 43% do empenhado e Charles Fernandes (PSD) com R$ 6.266.342,38 pagos, correspondendo a 43% do que foi empenhado pelo deputado.

Arte: Priscila Melo / Bahia Notícias

Os dados estão atualizados até 31/12/2020 e demonstra um crescimento de 44% do pagamento do governo levando em conta o ano de 2019, onde o governo quase não pagou as emendas. Entretanto, no orçamento de 2019 não constam os deputados de primeiro mandato – o orçamento foi aprovado em 2018. Em 2019, foram pagos 47% das emendas com valor total de R$ 165.887.073,32. Já em 2020 foram pagos 64% das emendas para todos os deputados federais, totalizando  R$ 369.702.135,94.

Apesar de pagar apenas para dois deputados baianos a totalidade das emendas, diante da disputa pelos comandos da Câmara e do Senado, o governo abriu o cofre e destinou R$ 3 bilhões para 250 deputados e 35 senadores aplicarem em obras em seus redutos eleitorais

Os dois deputados federais que receberam 100% das emendas em 2020 não constam na lista, apesar de constarem parlamentares baianos. De acordo com o Bahia Notícias, o dinheiro saiu do Ministério do Desenvolvimento Regional, e constava em uma planilha interna de controle de verbas, até então sigilosa, com os nomes dos parlamentares contemplados com os recursos “extras”, que vão além dos que já têm direito de direcionar, foi divulgada.

Veja também

Bolsonaro diz que ‘está quase tudo certo’ para nova rodada do auxílio emergencial

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta segunda-feira (1º) que está “quase tudo certo” …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!