sexta-feira 26 de fevereiro de 2021
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Home / DESTAQUE / Arthur Lira defende vacinação e harmonia entre os poderes
quarta-feira 3 de fevereiro de 2021 às 17:19h

Arthur Lira defende vacinação e harmonia entre os poderes

DESTAQUE, NOTÍCIAS


O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), defendeu, durante a sessão de abertura dos trabalhos legislativos, a vacinação da população brasileira. Afirmou que os parlamentares precisam unir esforços com os demais poderes para fazer o que estiver ao alcance para facilitar a oferta das vacinas aos brasileiros, como a validação de novos imunizantes.

“Precisamos fazer o que estiver ao nosso alcance para facilitar a oferta de vacinas para os mais vulneráveis neste momento mais dramático, sempre obedecendo aos mais rigorosos padrões sanitários sem colocar em risco a vida das pessoas, mas abrindo, quem sabe, as opções de novas vacinas que já estão disponíveis nos mercados mundiais”, disse.

Pauta emergencial

Ele destacou que a pandemia fragilizou a economia e que é preciso construir uma pauta emergencial para resguardar a vida dos cidadãos brasileiros, dinamizar a economia, criar novos empregos, e preservar o imperativo da responsabilidade fiscal.

Lira voltou a defender a harmonia entre os poderes como forma de superar os problemas da população brasileira. “Comprometo-me a não medir esforços para que tal harmonia se traduza em uma pauta comum em prol de toda a sociedade. A hora é de superar os antagonismos e deixarmos para trás eventuais mágoas e mal-entendidos para sairmos maiores desta crise e para que o povo brasileiro se sinta bem representado por cada um de nós”, disse.

Arthur Lira afirmou que não haverá concentração de poder na Presidência da Câmara e que a pauta será definida em conjunto com os líderes partidários. Defendeu ainda a votação de vetos presidenciais pelo Congresso Nacional para destravar a pauta e permitir a votação de temas importantes como a Lei Orçamentária Anual.

Veja também

Após anúncio de lockdown, baianos lotam supermercados

Vale ressaltar que os supermercados, farmácias e postos de gasolina são considerados serviços essenciais e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!