quarta-feira 12 de maio de 2021
Foto: Reginaldo Ipê
Home / ARTIGO / Artigo: A reinvenção da Câmara de Salvador
quarta-feira 14 de abril de 2021 às 08:59h

Artigo: A reinvenção da Câmara de Salvador

ARTIGO, NOTÍCIAS


Completamos cem dias de Presidência na Câmara de Salvador neste nosso segundo mandato concedido por meus pares. Em primeiro lugar, agradecer a confiança, trabalho, generosidade e união de todos os vereadores. Pois, independente de posições partidárias, nós, legisladores desta Casa, somos partícipes de um projeto conjunto de transformar esta instituição em protagonista e decisiva nos caminhos da nossa cidade.

Com a independência dos poderes, estamos alinhados com o Executivo quando o tema é enfrentar o debelar o inimigo comum: a Covid-19. A Câmara, em momentos cruciais e no seu cotidiano, criou mecanismos para se consolidar como um elo entre o cidadão e as outras esferas públicas, como o Poder Executivo, por exemplo. A Ouvidoria cumpre esse papel de ponte entre a Prefeitura e outros órgãos públicos. A população encaminha diversas demandas e cobramos resultados.

Quando não foi mais possível a locomoção do cidadão até a Casa do Povo, maximizamos o papel da TV Câmara e da Rádio Câmara em dar transparência aos atos e acontecimentos desta Casa.

A reinvenção deste Legislativo é a palavra de ordem constante neste momento atípico. As sessões ordinárias tornaram-se semipresenciais. Tal como uma locomotiva da cidade, esta instituição não se furtou a nortear os caminhos de Salvador.

Viabilizamos importantes regulamentações na mobilidade urbana, como a dos aplicativos. Aprovamos, no ano passado, o mais longevo auxílio-emergencial monetário de um município do Brasil a diversas categorias profissionais. Inclusive, acabamos de aprovar a prorrogação desta iniciativa salutar da Prefeitura. E reivindicamos um auxílio também para os profissionais da cultura, através do SOS Cultura, assim como aprovamos projetos do Executivo urgentes na área da saúde para o combate à pandemia.

Devido à urgência destas medidas, porque a fome e a preocupação de salvar vidas não esperam, os ritos de aprovação ocorreram da forma mais célere possível, dentro dos ditâmes da Lei Orgânica do Município e da Constituição.

E, depois da reinvenção dos trabalhos legislativos na pandemia, temos números e qualidade de trabalho a apresentar à sociedade soteropolitana. Neste 2021, já foram apresentados ou estão em trâmite nesta Casa nada menos do que 535 proposições parlamentares, entre projetos de lei, projetos de indicação e outras iniciativas de autoria dos vereadores e do Executivo Municipal.

Enfim, os resultados desta gestão são o êxito da união entre vereadores, servidores e demais colaboradores. Juntos, reinventamos esta Casa neste momento de calamidade pública em nível mundial. Sairemos deste momento fortalecidos. Há luz no fim do túnel e estamos ciosos do nosso papel de farol.

*Geraldo Júnior (MDB), vereador e presidente da Câmara Municipal de Salvador

Veja também

Delegados da PF esperam represália com pedido de inquérito sobre Toffoli no STF

O pedido de abertura de inquérito para investigar supostos pagamentos ilícitos a Dias Toffoli, objeto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!