sábado 24 de julho de 2021
Home / NOTÍCIAS / Bilionário Carlos Wizard não vai depor e CPI da Covid pede condução coercitiva
quinta-feira 17 de junho de 2021 às 10:52h

Bilionário Carlos Wizard não vai depor e CPI da Covid pede condução coercitiva

NOTÍCIAS


A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID pediu à Polícia Federal (PF) a condução coercitiva de Carlos Wizard para que ele compareça à CPI, no Senado. Isso porque o empresário faltou à reunião desta quinta-feira (17), que previa o depoimento dele na condição de investigado.

“Efetuaremos a um juiz criminal para que requisite à autoridade policial a testemunha faltosa ou determinar que seja conduzido por oficial de Justiça, o qual poderá solicitar o auxílio da força pública. Para além dessas medidas, diante da ausência do depoente, determino que seja oficiado à Justiça Federal para que o passaporte do senhor Carlos Wizard seja retido pela Polícia Federal tão logo ele ingresse em território nacional, e somente lhe seja devolvido após prestação do seu depoimento perante essa comissão”, afirmou Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI, durante a reunião desta quinta.

Carlos Wizard, que conseguiu no Supremo Tribunal Federal (STF) um habeas corpus para permanecer em silêncio durante o depoimento na CPI, está nos Estados Unidos e afirma que cuida de problemas pessoais, motivo pelo qual teria se ausentado. Ele solicitou a Aziz o depoimento de forma remota, o que foi negado pelo presidente da CPI.

Wizard é suspeito de integrar um suposto “ministério paralelo” do governo federal durante a pandemia da Covid-19. O grupo teria dado conselhos ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e debate sobre as questões relacionadas à gestão em tempos de coronavírus.

Nesta quinta, também estava previsto o depoimento de Alexandre Marques, auditor do Tribunal de Contas da União (TCU) e autor de um relatório não reconhecido pelo colegiado que questiona 50% das mortes por COVID-19 no Brasil em 2020. Aziz se desculpou com Marques, que estava presente, e informou que seu depoimento será remarcado.

A CPI da Covid será retomada nesta sexta-feira (18), às 9h, com depoimentos dos médicos Ricardo Ariel Zimerman e Francisco Eduardo Cardoso Alves, ambos defensores do tratamento precoce contra o coronavírus – método que carece de comprovação científica. A comissão também vai votar requerimentos solicitando informações e convocações.

O que é uma CPI?

As comissões parlamentares de inquérito (CPIs) são instrumentos usados por integrantes do Poder Legislativo (vereadores, deputados estaduais, deputados federais e senadores) para investigar fato determinado de grande relevância ligado à vida econômica, social ou legal do país, de um estado ou de um município. Embora tenham poderes de Justiça e uma série de prerrogativas, comitês do tipo não podem estabelecer condenações a pessoas.

Veja também

Lula cogita indicar Rodrigo Maia a Ministério se for eleito presidente da República

O ex-presidente Lula estaria cogitando indicar o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!