sábado 31 de outubro de 2020
Foto: Reprodução/ONU
Home / DESTAQUE / Bolsonaro falou das queimadas, pandemia e economia do Brasil em discurso na ONU
terça-feira 22 de setembro de 2020 às 10:59h

Bolsonaro falou das queimadas, pandemia e economia do Brasil em discurso na ONU

DESTAQUE, MUNDO, NOTÍCIAS


O presidente Jair Bolsonaro abriu, nesta terça-feira (22), o debate geral da 75ª Assembleia Geral da ONU, realizada virtualmente pela primeira vez em razão da pandemia de Covid-19. O presidente brasileiro dá o pontapé inicial no evento desde 1955, a décima sessão. A honra deve-se não apenas ao fato de o país ter sido o primeiro a aderir à ONU, mas ao papel do então chanceler Oswaldo Aranha na história da organização — ele presidiu a primeira sessão especial da Assembleia e a segunda sessão ordinária, no mesmo ano. Bolsonaro, que participa do evento pela segunda vez, gravou seu discurso na semana passada.

O presidente Jair Bolsonaro respondeu às críticas em relação à sua política ambiental, em especial na Amazônia.

Disse que Brasil é “vítima de uma das mais brutais campanhas de desinformação sobre Amazônia e Pantanal“, em relação a informações sobre desmatamento ilegal e queimadas nas áreas. Segundo Bolsonaro, há um movimento para descreditar o Brasil porque o país está se tornando o líder mundial em produção de alimentos, e a “campanha” é “escorada em interesses escusos” e tem o apoio de associações brasileiras que querem “prejudicar o governo”. “Mantenho política de tolerância zero com crime ambiental”, garantiu o presidente.

Explicou as ações feitas para combater a pandemia do Covid-19

A defesa ao combate à pandemia de Covid-19 desempenhado por sua gestão, teria sido alvo de intensas críticas no exterior. O governo brasileiro adotou medidas investindo mais de cem bilhões de dólares, disse o presidente.

Afirmou que o Brasil repudia terrorismo e fez apelo para que os acordos de paz entre as nações, intermediados por Donald Trump, sejam cumpridos.

Veja também

Deputados querem exigir que seja divulgado na internet o valor que cada candidato recebeu do fundo de campanha

Pela proposta, os partidos também deverão encaminhar ao TSE os critérios fixados para distribuição dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!