domingo 1 de agosto de 2021
Home / NOTÍCIAS / Bruno Reis se reúne com Geraldo Júnior e Júnior Borges pela manutenção do REIQ
quarta-feira 2 de junho de 2021 às 11:17h

Bruno Reis se reúne com Geraldo Júnior e Júnior Borges pela manutenção do REIQ

NOTÍCIAS


Os presidente da câmaras de Salvador, Geraldo Júnior (MDB), e de Camaçari, Júnior Borges (DEM), tiveram uma audiência com o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), no Palácio Thomé de Souza, na última terça-feira (1º). Os vereadores articulam uma frente dos legislativos da Região Metropolitana de Salvador (RMS) pela manutenção do Regime Especial da Indústria Química (REIQ) e foram buscar o apoio de Bruno Reis.

O REIQ é um instrumento criado pela Lei nº12.859/13, com o objetivo de garantir maior competitividade ao setor químico brasileiro por meio da desoneração das alíquotas de PIS/Cofins incidentes sobre a compra de matérias-primas básicas petroquímicas da primeira e da segunda geração. Entretanto, a Medida Provisória 1.034/2021, do Governo Federal, propõe a extinção do REIQ.

Geraldo Júnior salientou que “a possível revogação do REIQ pelo Governo Federal terá forte e irreversível impacto no setor petroquímico baiano e brasileiro, assim como na economia”.

Júnior Borges afirmou que está articulando com Geraldo Júnior e outras lideranças uma frente de legislativos municipais da RMS que irá a Brasília lutar no Congresso Nacional pela manutenção do REIQ. “Viemos angariar o apoio de Bruno Reis nesta causa que requer a união dos municípios da RMS. Afinal, um dos impactos da aprovação desta medida provisória nas nossas cidades é o desemprego”.

O prefeito Bruno Reis salientou que irá se aprofundar no assunto para dar um suporte a esta causa.

Participaram também da audiência o vice-presidente da Câmara Municipal de Camaçari, vereador Dilson Magalhães Júnior (PSDB), Gilvan Souza (PSDB) e Dudu do Povo (Cidadania), ambos vereadores de Camaçari.

Veja também

Francesa é condenada por vender certificados de vacinação falsos

Uma funcionária da Previdência Social da França foi condenada a 18 meses de prisão, dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!