quinta-feira 6 de maio de 2021
Arthur Lira comemora com seu grupo sua vitória para o comando da Casa// Clelia Viana/Câmara dos Deputados
Home / NOTÍCIAS / Câmara contabiliza 27 casos de covid-19 desde a eleição presencial
quarta-feira 10 de fevereiro de 2021 às 17:05h

Câmara contabiliza 27 casos de covid-19 desde a eleição presencial

NOTÍCIAS


Desde a eleição presencial para a Mesa Diretora, a Câmara dos Deputados registrou 27 casos de covid-19 entre seus trabalhadores. O número foi contabilizado pelo Departamento Médico da Casa entre 1º e 9 de fevereiro deste ano.

O pleito interno que levou Arthur Lira (PP-AL) ao comando da Câmara e elegeu os demais integrantes da Mesa Diretora da Casa aconteceu em 1º de fevereiro. Além dos 505 deputados federais que votaram, o que só pôde ser feito presencialmente, circularam pela Câmara servidores, assessores, terceirizados e jornalistas.

Apesar de medidas que buscaram manter o distanciamento físico, aglomerações foram vistas tanto dentro quanto fora do plenário. A assessoria da Câmara afirmou que “não há como associar esse total de casos à realização da eleição para a Mesa Diretora”.

Em janeiro deste ano, houve 58 casos confirmados. Em 2020, o Departamento Médico registrou 451 casos de contaminação.

Tanto Arthur Lira quanto o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), optaram por retomar os trabalhos de forma semipresencial. Hoje, durante a instalação da CMO (Comissão Mista de Orçamento), um deputado federal já reclamou da quantidade de pessoas na sala.

O Sindilegis (Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do Tribunal de Contas da União) pediu a Arthur Lira que o retorno dos trabalhos presenciais na Câmara seja gradual, seguindo protocolos de biossegurança, e aconteça quando houver mais pessoas vacinadas —o sindicato estima que só a partir do 2º semestre deste ano.

O Senado também promoveu eleição presencial à Mesa Diretora da Casa em 1º de fevereiro. Procurada pelo UOL, a assessoria informou que aguarda dados da área técnica responsável quanto aos casos de covid-19 confirmados desde então.

Na segunda (8), o senador José Maranhão (MDB-PB) morreu, aos 87 anos, em decorrência de complicações da covid-19. Ele estava internado há 71 dias, desde que foi diagnosticado com a doença. José Maranhão era o parlamentar mais velho da atual legislatura no Senado.

Em outubro do ano passado, o senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) também morreu, aos 83 anos, devido a complicações da covid-19, segundo sua família por meio das redes sociais.

Veja também

Bolsonaro deve voltar à Bahia nesta sexta (7)

Conforme o site Bnews, o presidente teria se interessado em uma agenda do ministro da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!