sábado 24 de julho de 2021
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Home / NOTÍCIAS / Câmara dos Deputados aprova emenda que garante prioridade às domésticas na vacinação contra a Covid-19
quinta-feira 17 de junho de 2021 às 16:11h

Câmara dos Deputados aprova emenda que garante prioridade às domésticas na vacinação contra a Covid-19

NOTÍCIAS, POLÍTICA


A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (17) a Emenda nº 12, ao PL 1011/2020. A emenda é de autoria da deputada federal Benedita da Silva (PT) e inclui as trabalhadoras e trabalhadores domésticos como prioridade no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. No dia 31 de março a Câmara dos Deputados tinha aprovado, o texto-base do Projeto de Lei 1011/20, que estabelece prioridade para segmentos dentro do plano de vacinação contra a Covid-19.

Segundo Benedita da Silva, “a maioria das trabalhadoras domésticas usa o transporte público, muitas delas trabalham em mais de uma residência, e além disso, têm contato direto com crianças, idosos, doentes e acamados. As trabalhadoras domésticas estão também nos supermercados fazendo as compras dos empregadores. Isso é o que eu chamo de contaminação em cadeia. Estamos falando de alguém que faz o trabalho de nossas casas, e que podem também contaminar os empregadores e vice-versa”, disse a deputada. A deputada lembrou do caso da primeira trabalhadora doméstica que morreu de Covid-19, no Rio de Janeiro, após os empregadores retornarem de uma viagem à Itália.

A deputada lembrou do caso da primeira trabalhadora doméstica que morreu de Covid-19, no Rio de Janeiro, após os empregadores retornarem de uma viagem à Itália.

Creuza Oliveira, secretária-geral da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (FENATRAD), comemora a aprovação da emenda ao PL 1011/2020. “Parabenizo todas as trabalhadoras e trabalhadores domésticos por essa importante conquista. Gratidão à autora da emenda, a deputada federal Benedita da Silva. Viva a ciência”, pontuou.

A diretoria da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (FENATRAD) fez uma campanha, através das redes sociais, se dirigindo aos deputados e reforçando o pedido pela aprovação da emenda.

A presidente da FENATRAD, Luiza Batista, apelou para a sensibilidade dos deputados. “O trabalho doméstico é considerado essencial, portanto, é mais do que justo que a categoria esteja entre os grupos prioritários para a vacinação contra a Covid-19. Exposição nos transportes públicos, nas filas dos supermercados, nas casas dos empregadores etc. E, por tudo isso, faz-se necessária a imunização o mais rápido possível”, frisou.

A diretora da FENATRAD e presidente do Sindicato das Trabalhadoras Domésticas de Nova Iguaçu (RJ), Cleide Pinto, reforçou o pedido e ressaltou a importância da categoria fazer parte do grupo prioritário. “Nós estamos nas casas dos empregadores, cuidando de seus filhos, de idosos, e de pessoas acamadas e com algum tipo de necessidade especial. Queremos proteger a quem cuidados e precisamos proteger as nossas famílias”, disse a sindicalista.

Já Francisco Xavier Santana, diretor da FENATRAD, ressaltou: “Somos mais de oito milhões de vidas. Pedimos aos parlamentares que votem sim à emenda da deputada Benedita da Silva ao PL 1011/2020, que garante a prioridade à imunização para as trabalhadoras domésticas”.

Veja também

Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose de vacina contra Covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou em comunicado hoje (23) que ainda não …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!