quinta-feira 6 de maio de 2021
Foto: Divulgação
Home / POLÍTICA / Carlos Medeiros é selecionado pré-candidato à Prefeitura de Feira de Santana pelo Novo
quinta-feira 23 de janeiro de 2020 às 10:07h

Carlos Medeiros é selecionado pré-candidato à Prefeitura de Feira de Santana pelo Novo

POLÍTICA, REGIÃO DE FEIRA DE SANTANA


O partido Novo apresentou o empresário Carlos Medeiros como pré-candidato do partido na disputa pela Prefeitura de Feira de Santana. Conhecido na cidade como “Carlinhos da Ambev” pela sua passagem como gerente comercial do Nordeste na empresa, o postulante é formado em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e pela Columbia University, em Nova York. Antes de ser apresentado em evento na quarta-feira (22), ele foi aprovado no processo seletivo de três etapas do partido, que afere a idoneidade e o preparo do postulante para gerir o município.

Essa é a primeira vez que Medeiros irá enfrentar as urnas e creditou a escolha pela vontade de mudar um ambiente político com privilégios e gastos públicos exagerados. “Nunca gostei da política, pois nunca enxerguei no sombrio ambiente político, os valores e atitudes que pratico. Isso mudou quando eu conheci o Novo. É um partido que, com seu governador, deputados federais, estaduais e vereadores está acabando com os privilégios e trabalhando pelo bem da pessoas. São mandatários que estão cortando da própria carne e economizando para mostrar que tem um jeito diferente de fazer política”, disse.

Durante discurso da apresentação que ocorreu no Hotel Acalanto em Feira, Carlos Medeiros defendeu uma cidade saudável economicamente. “Precisamos criar um ambiente econômico que seja bom para todo mundo. Fazer o cidadão ser respeitado e que seja o protagonista da nova política”, argumentou.

O partido ainda tem processo seletivo aberto para postulantes que desejam ser candidatos a vereador pelo Novo em Feira e Salvador. Na capital baiana, as inscrições estão abertas até o próximo dia 1° de março.

Processo seletivo

Presidente do Novo na Bahia, Francisco Calmon deu mais detalhes do processo de seleção que aprovou Carlos Medeiros. “Precisamos de gente nova e capacitada para exercer temporariamente o serviço público. Por isso o processo seletivo. Não adianta esperar das mesmas pessoas com as mesmas práticas, resultados diferentes. Se temos um nome em Feira de Santana é porque ele está preparado para gerir a cidade”, defendeu o dirigente.

O Novo não irá coligar com outros partidos na disputa pela prefeitura de Feira por não visualizar em outras siglas a mesma postura defendida pelo partido. “Principalmente, no que tange o fundo eleitoral, verba que os partidos utilizam para financiar campanhas políticas e que neste ano foi sancionado pelo atual presidente em mais R$ 2 bilhões, retirando verbas da educação, saúde e segurança, áreas prioritárias para a sociedade”, defendeu Calmon.

Veja também

Deputada Talita Oliveira pede revitalização da BR-349

Através de indicação que apresentou na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), a deputada estadual Talita …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!