quinta-feira 17 de junho de 2021
Home / JUSTIÇA / Com parcelamento negado, Geddel agora quer pagar multa à vista para ser solto
sábado 10 de abril de 2021 às 11:29h

Com parcelamento negado, Geddel agora quer pagar multa à vista para ser solto

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


Fracassada a tentativa de parcelar multa de R$ 1,6 milhão imposta pela Justiça, Geddel Vieira Lima, pediu ao Supremo, nesta última sexta-feira (9) conforme o jornal O Globo, expedição da guia de execução para o pagamento da pena.

O ex-ministro foi condenado por lavagem de dinheiro e associação criminosa no caso do “bunker” em que escondia R$ 51 milhões. Além de 14 anos e dez meses de prisão, a sentença impôs pagamento de 1.590 salários mínimos vigentes à época dos crimes.

Esta semana, o Supremo negou pedido da defesa dele pela divisão do valor em 20 parcelas mensais, sob alegação de seus bens estarem bloqueados.

O pagamento é decisivo para o futuro de Geddel: no ano passado, o ex-ministro teve progressão de pena do regime fechado para o semiaberto negada por não ter quitado a multa.

Veja também

Norma Cavalcanti discute PEC 5 com presidente de comissão especial da Câmara dos Deputados

A procuradora-geral de Justiça Norma Cavalcanti se reuniu nesta última quarta-feira (16) em Brasília, com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!