domingo 9 de maio de 2021
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Home / NOTÍCIAS / Confira os nomes dos candidatos da Bahia que receberam auxílio emergencial conforme lista do TCU
sexta-feira 6 de novembro de 2020 às 12:03h

Confira os nomes dos candidatos da Bahia que receberam auxílio emergencial conforme lista do TCU

NOTÍCIAS


Políticos de Lauro de Freitas, Barreiras, Simões Filho, Maragogipe, Camaçari, Candeias, Esplanada e mais

O TCU (Tribunal de Contas da União) divulgou nesta sexta-feira (6), em seu site, a lista de candidatos a cargos eletivos que receberam o auxílio emergencial da Covid-19 sem, a princípio, se encaixarem nas regras previstas. Alguns declararam patrimônios milionários.

Os nomes serão publicados em duas listas separadas: uma delas terá 10 mil candidatos que têm patrimônio entre R$ 300 mil e R$ 1 milhão. A outra trará 1.300 que declararam mais de R$ 1 milhão.

A decisão de divulgar os nomes foi do ministro do TCU Bruno Dantas.

Há casos, por exemplo, como o de Elias João Neto, candidato a vereador em Cândido Mota (SP), que declarou patrimônio de R$ 11 milhões _R$ 10 milhões em três fazendas e R$ 950 mil em “dinheiro em espécie”.

Ele está na lista de beneficiários do auxílio emergencial, segundo o TCU, tendo recebido já R$ 1.200.

Um outro exemplo é o de Leandro Adilson Romero, candidato a vice-prefeito de Álvares Florence (SP) pelo DEM. Ele declarou patrimônio de R$ 10,2 milhões –entre eles estão 50% de cotas de uma empresa, terrenos e R$ 80 mil em “dinheiro em espécie”.

Segundo o TCU, Leandro recebeu R$ 600 de auxílio emergencial.

No cidade de Machado, também em Minas Gerais, o candidato Lúcio do Café (PSDB-MG) declarou R$ 3.100.000,00 em bens, sendo o quinhão de R$ 2,5 mi correspondente a um imóvel rural. Ele recebeu, segundo o TCU, R$ 600 em auxílio emergencial.​

Na lista há também casos que indicam erros formais dos candidatos na hora de declarar o patrimônio. Em seu despacho, Bruno Dantas chama a atenção para a possível ocorrência desses erros, lembrando que as declarações de bens à Justiça Eleitoral são feitas pelos próprios concorrentes.

O candidato a vereador Elizeu Candido Garcia (PSL-MG), que se apresenta em Ipatinga como Elizeu do Uber (PSL-MG), declarou R$ 314.103.990,00 em bens e recebeu R$ 1.800 em auxílio emergencial.

Em um dos ítens de sua prestação de contas, porém, ele lista um prédio residencial de R$ 314 mil, valor mais próximo do mercado da cidade –o que indica que se equivocou na hora de declarar o total de seus bens. Elizeu, no entanto, também faria parte da lista, que inclui políticos com bens acima de R$ 300 mil.

O candidato a vereador Haidan de Araújo, que concorre em Espírito Santo do Pinhal (SP) pelo Republicanos, declarou que tem uma Parati, e atribuiu ao carro o valor de R$ 13 milhões, num evidente equívoco.

A maior parte dos nomes, no entanto, tem bens declarados entre R$ 300 mil e R$ 10 milhões, em valores compatíveis com os de mercado.

Veja, abaixo, parte da lista de candidatos da Bahia  com patrimônio superior a R$ 300 mil que receberam o auxílio emergencial da Covid-19:​

Eleições 2020: mais de 3,8 mil candidatos com patrimônio acima de R$ 300 mil receberam auxílio emergencial irregularmente, diz TCU

Veja também

Morte de petroleiro pode confirmar responsabilidade legal de empresas por casos de Covid-19

Uma ação sobre a morte de um petroleiro da Transpetro deve abrir debate na Justiça …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!