segunda-feira 25 de janeiro de 2021
Fotos: Bruno Concha/Secom
Home / NOTÍCIAS / Congresso discute o valor da Ouvidoria no fortalecimento da gestão
terça-feira 12 de novembro de 2019 às 18:11h

Congresso discute o valor da Ouvidoria no fortalecimento da gestão

NOTÍCIAS


Representantes de ouvidorias de todo o Brasil se reuniram nesta terça-feira (12), no Hotel Fiesta, no bairro do Itaigara, durante o XXII Congresso Brasileiro de Ouvidores. Com tema central “O valor da Ouvidoria no fortalecimento da gestão”, o encontro segue até quarta-feira (13), e abrange discussões de temas e trocas de experiências com o objetivo de atualizar questões relacionadas ao segmento. O congresso conta com a parceria da Ouvidoria Geral de Salvador e é promovido pela Associação Brasileira de Ouvidores (ABO)/Ombusdman.

Na ocasião, foram discutidos temas como papel dos órgãos como importante mecanismo de escuta do cidadão, gestão, inovação e desenvolvimento das Ouvidorias, a Influência da Ouvidoria como ferramenta de gestão estratégica entre outros.

Para o ouvidor de Salvador e vice-presidente da ABO Nacional, Humberto Vianna Júnior, o encontro reforça o trabalho de fortalecimento que vem sendo feito no órgão. “A essência do trabalho da ouvidoria é defender os direitos dos cidadãos através das suas reclamações, críticas, sugestões e encaminhamentos. Esse congresso é uma oportunidade que nós temos no âmbito nacional de discutir experiências e temas atuais, assim como apresentar novas ideias e conceitos. É algo que fortalece e valoriza ainda mais o trabalho do ouvidor”, afirmou.

A presidente da ABO Nacional, Maria Inês Fornazaro contou que os encontros são reconhecidos como marcos na discussão de temas que são importantes e relevantes para o conjunto dos ouvidores brasileiros. “Esses momentos são muito importantes para que se possa definir ações futuras, diretrizes de trabalho e acompanhar o trabalho das ouvidorias. O congresso é sempre um marco para nós, é onde junto a representantes de diversos estados podemos absorver e renovar os conhecimentos”, declara.

Ouvidora da Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador), Itanara Serapião classificou o congresso como necessário para todo o conjunto. “É um momento muito importante para nós ouvidores. Nós não temos essa oportunidade diariamente de estarmos com outros colegas e trocar experiências. Cada vez mais temos que ter a consciência de que o nosso termômetro é o cidadão, e é nosso dever ter empatia com ele. Esse congresso nos deixa renovados e com novas ideias para atender a todo o povo”.

Atuando na ouvidoria da Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb), Renata Ribeiro garantiu que atender o cidadão munícipe é um primor. “Nós, ouvidores, buscamos uma melhora contínua. O congresso é uma oportunidade que temos de discutir e estabelecer novas práticas para aperfeiçoar o nosso atendimento”, afirmou.

Veja também

Marcha dos prefeitos a Brasília em defesa dos municípios será em outubro

O maior evento municipalista da América Latina tem nova data para acontecer. Devido ao cenário …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!