segunda-feira 2 de agosto de 2021
Home / CURIOSIDADES / Conheça o avião supersônico silencioso da Nasa
quinta-feira 1 de julho de 2021 às 07:47h

Conheça o avião supersônico silencioso da Nasa

CURIOSIDADES, NOTÍCIAS


Atualmente, as aeronaves comerciais não podem voar mais rápido do que a velocidade do som sobre a terra. De acordo com o Planeta, o problema são os estrondos sônicos (ruídos altos e assustadores) que causam para os que estão no solo. Mas a Nasa está trabalhando para contornar esse obstáculo. Seu avião X-59 Quiet SuperSonic Technology foi projetado para voar mais rápido do que a velocidade do som sem produzir estrondos sônicos.

COVID-19: Produção do novo jato supersônico X-59 da NASA continua em meio  ao surto - Cavok Brasil - Notícias de Aviação em Primeira Mão

Esse avião experimental voará a quase o dobro da velocidade de cruzeiro de um jato comercial. Mas conseguirá manter o ruído da aeronave baixo para um “baque sônico” silencioso – ou mesmo nenhum som – conforme ouvido no solo quando o avião passa em velocidades supersônicas.

X-59: Avião supersônico da NASA entra em estágio de montagem

A imagem acima mostra um momento de simulação computacional de dinâmica de fluidos do conceito da aeronave X-59 durante o voo supersônico.

Para ter certeza de que o projeto do avião X-59 funcionará dentro dos limites de ruído esperados, a Nasa trabalha em colaboração com a empresa aeronáutica Lockheed Martin. O objetivo é criar um grande banco de dados de simulações computacionais de dinâmica de fluidos a fim de verificar o desempenho supersônico da aeronave. O banco de dados incluirá simulações para todas as combinações possíveis das configurações que um piloto usa para controlar a aeronave e as condições de voo que podem ser encontradas durante o voo.

Veja também

Alexandre Aleluia deve disputar uma cadeira para Câmara dos Deputados

O vereador Alexandre Aleluia (DEM) tem dito conforme a coluna Raio Laser, que disputará as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!