sexta-feira 23 de abril de 2021
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Deputada propõe tarifa social nos ônibus de Salvador que circulam no subúrbio
quinta-feira 4 de março de 2021 às 10:36h

Deputada propõe tarifa social nos ônibus de Salvador que circulam no subúrbio

NOTÍCIAS, POLÍTICA


A implantação de uma tarifa social para os ônibus que servem ao subúrbio ferroviário de Salvador foi sugerida ao prefeito Bruno Reis (DEM) pela deputada Olivia Santana (PC do B). Em indicação que protocolou junto à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, ela propõe que o valor da tarifa seja R$ 0,50, o mesmo que era cobrado pelos trens que atendiam aos bairros da Calçada até Paripe e que foram desativados no dia 15 de fevereiro. Este valor, adiantou a parlamentar, deve vigorar enquanto perdurarem as obras do VLT do Subúrbio, que substituirá o sistema de trens recentemente desativado.

A implantação dessa tarifa social, argumentou Olívia, “é medida humanitária que se impõe para que os usuários do sistema possam se deslocar sem que isso cause maior impacto no seu já combalido orçamento familiar”.

Transportando mais de 16 mil passageiros diariamente, o trem do subúrbio “figurava como o mais importante e acessível sistema de transporte coletivo da região”, e com sua desativação “criou-se uma grande dificuldade para a população local e usuários”, informou a comunista, ressaltando que, além do transtorno de mobilidade causados pela desativação dos trens, há “o impacto econômico que se quedou sobre as milhares de famílias”, já que os usuários do trem pagavam R$ 0,50 na viagem e, com a parada, terão que desembolsar R$ 4,20 nos ônibus.

Segundo a autora da indicação, “Salvador amarga a marca de ser a capital do desemprego, 21,3% dos moradores da capital vivem abaixo da linha da pobreza (IBGE-2019), especialmente as famílias suburbanas, que agora se vêm obrigadas a desembolsar um valor que impactará sobremaneira nos seus orçamentos”.

E com a pandemia, ponderou Olívia, “houve grande aumento no número de desempregados”. Com a suspensão do auxílio emergencial, “a situação está ainda mais agravada, muitas famílias estão praticamente sem qualquer renda”.

Veja também

Mais de 16 mil pessoas tomaram doses trocadas de vacina contra Covid, diz jornal

Pelo menos 16,5 mil pessoas foram vacinadas com doses trocadas de imunizantes diferentes contra a Covid-19 no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!