terça-feira 3 de agosto de 2021
Foto: Reprodução/PSB
Home / NOTÍCIAS / Deputado Angelo Almeida propõe Comenda 2 de Julho para arcebispo
sábado 17 de julho de 2021 às 18:55h

Deputado Angelo Almeida propõe Comenda 2 de Julho para arcebispo

NOTÍCIAS


O deputado Angelo Almeida (PSB) apresentou, na Assembleia Legislativa, um projeto de resolução para conceder a Comenda 2 de Julho ao arcebispo de Feira de Santana, Dom Zanoni Demettino Castro, “pelo seu sacerdócio, reconhecimento pela dedicação aos projetos sociais e luta pela manutenção dos princípios democráticos, colocando o Estado da Bahia em destaque no cenário nacional, como exemplo de líder religioso comprometido com a sociedade”.

A data para ser entregue a mais alta honraria do Parlamento da Bahia ainda será marcada pela Mesa Diretora. No documento, o socialista descreveu em detalhes como foi a trajetória de Dom Zanoni, que nasceu no dia 23 de janeiro de 1962, em Vitória da Conquista. Filho do senhor Gildo Barbosa Castro e da senhora Valdelice Demettino Castro, foi ordenado padre em 28 de dezembro de 1986. Formado em Filosofia, Teologia e Mestrado em Teologia Sistemática, foi professor de Doutrina Social da Igreja, Cristologia e Antropologia. Na Arquidiocese de Vitória da Conquista, o religioso foi assessor da Pastoral da Juventude, membro do Conselho de Formação e Conselho Presbiteral, vigário-geral e administrador diocesano.

O parlamentar relata que a ordenação episcopal de Dom Zanoni aconteceu em 24 de novembro de 2007, na terra natal, por Dom Geraldo Lyrio Rocha e, já em 15 de dezembro do mesmo ano, sucedeu a Dom Aldo Gerna na Diocese de São Mateus, no Espírito Santo. Por determinação do Papa Francisco, Dom Zanoni Demettino foi nomeado, em 3 de dezembro de 2014, arcebispo coadjutor da Arquidiocese de Feira de Santana, sendo transferido da Diocese de São Mateus. No dia 6 de fevereiro de 2015, em Celebração Eucarística na Paróquia Santo Antônio dos Capuchinhos, “a Igreja tornou-se pequena para acolher a grande quantidade de fiéis, autoridades civis e religiosas que ali se encontravam para a solene apresentação do Arcebispo Coadjutor à comunidade feirense”, diz o deputado.

Angelo Almeida lembra ainda que em 27 de agosto de 2015, ao completar 75 anos, o então arcebispo Metropolitano, Dom Itamar Vian, encaminhou ao Papa Francisco sua carta de renúncia. Em 18 de novembro de 2015, Dom Zanoni assume o governo da Arquidiocese de Feira de Santana. No seu discurso, o líder religioso disse: “Estou disposto, junto aos presbíteros, religiosas e forças vivas, a dar continuidade a esta caminhada dinâmica da Igreja de Feira de Santana a seguir fiel a este mandato, que passa principalmente por servir ao outro e confirmar os irmãos na fé”.

O socialista destacou que no dia 2 de dezembro de 2015, às 19h30, em celebração na Catedral Metropolitana de Feira de Santana, com a presença de vários bispos, presbíteros, diáconos, religiosas, seminaristas e centenas de fiéis, diante do altar da Excelsa Padroeira Senhora Sant’Ana, foi realizada a tomada oficial de posse do arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de Feira de Santana, Dom Zanoni Demettino Castro, servo de Deus, que tem como lema episcopal: ECCE MITTE ME (Eis-me, Envia-me).

O autor do PRS acrescenta também que no Regional Nordeste 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (Bahia e Sergipe), Dom Zanoni foi escolhido como Bispo Referencial para a 6ª Semana Social Brasileira e membro do Grupo de Trabalho da CNBB pelo Pacto pela Vida e pelo Brasil. Em âmbito nacional, é o Bispo Referencial da Pastoral Afro

Brasileira e membro da Comissão Episcopal para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-religioso. O deputado salienta que Dom Zanoni teve a sua trajetória “marcada pelo compromisso com a defesa dos direitos dos mais necessitados, bem como o compromisso com os princípios do amor, da justiça, da democracia e da liberdade, nunca se furtando aos debates da construção social e política do nosso país”, concluiu Angelo Almeida em sua homenagem ao arcebispo de Feira de Santana.

Veja também

PF deflagra a Operação Rosa Branca contra crimes raciais e neonazismo

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira (2) a Operação Rosa Branca, que visa reprimir a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!