domingo 17 de janeiro de 2021
Foto: Assessoria
Home / NOTÍCIAS / Deputado Capitão Alden critica postura do Governo do Estado com o CBMBA
quarta-feira 13 de janeiro de 2021 às 12:48h

Deputado Capitão Alden critica postura do Governo do Estado com o CBMBA

NOTÍCIAS


O parlamentar afirma que Corpo de Bombeiros Militar da Bahia não é prioridade para Rui Costa

Segundo o deputado estadual Capitão Alden, principal opositor ao governador Rui Costa (PT) diz que segue o Governo do Estado segue em situação desastrosa na gestão da Bahia. Como se não bastasse ter colocado o estado em 2020 nos rankings de desemprego, educação defasada e aumento da criminalidade, a gestão Rui Costa faz questão de reforçar que não se importa com a Segurança Pública, o que configura uma grande falta de respeito com os baianos e também com os profissionais envolvidos.

isso fica evidente na demora do governador em anunciar o novo Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia – CBMBA, é o reflexo dos seis anos de descaso diante da instituição com a maior credibilidade com a população. Retrato da péssima Segurança Pública baiana. “A pergunta que não quer calar! Na solenidade do novo Comandante Geral da PM, o governador estará presente, mas isso ocorrerá na cerimônia do comando do CBMBA?”, questiona Alden.

De acordo com o deputado Bolsonarista, na solenidade de posse do 1º Comandante Geral do CBMBA, data histórica para a sociedade baiana, o governador não compareceu. Foi representado pelo então secretário de Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa. “Esta situação se repetiu por todos estes anos, o chefe maior do Corpo de Bombeiros, nunca fez questão de participar de nenhuma solenidade comemorativa e nem de formatura, tanto para soldado como nas primeiras turmas de oficiais QOBM e QOABM, que optou por enviar representantes”, pontua Alden.

O parlamentar ressalta que mesmo o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia conseguindo arrecadar milhões de reais ao longo destes anos, a atenção dada pelo governador é demonstrada pelo pequeno crescimento que a instituição teve. “Os concursos sempre tiveram pequenas quantidades de vagas, repondo somente os bombeiros que foram para reserva, a taxa de cobertura continua baixíssima dentre as piores do país, ou seja, poucas cidades ganharam quartéis do CBMBA, o efetivo pouco evoluiu é como se nada tivesse ocorrido”, afirma Alden.

Para o deputado estadual Capitão Alden, a gestão Rui Costa nunca teve e deixa claro que nunca terá comprometimento com a categoria. Uma prova disto que não houve publicação de Edital para CFO e CFOA no CBMBA. Apesar das minutas terem seguido juntas para Saeb. “Enquanto isto o mesmo governador, juntamente com seus deputados, aprovou uma lei inconstitucional. A qual permite que o recurso de arrecadação que não foi gasto dentro de ano seja roubado para a fonte 0”, comenta Alden.

Na prática são mais de 30 milhões que são retirados do Corpo de Bombeiros todos os anos, ou seja, a Lei Nº 12.929/2013, que dispõe sobre a Segurança Contra Incêndio e Pânico nas edificações e áreas de risco no Estado da Bahia, cria o Fundo Estadual do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia – Funebom, altera a Lei nº 6.896, de 28 de julho de 1995, só tem funcionado para o favorecimento do Poder Executivo Estadual, pois o Funebom não está sendo utilizado com sua real intenção, que é a melhoria das condições do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia.

Veja também

Como enxugar o número de agências do Banco do Brasil sem irritar Bolsonaro e os políticos

Um ex-presidente do Banco do Brasil disse a um interlocutor de acordo com jornal O …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!