sexta-feira 23 de abril de 2021
Foto: Ascom/AL-BA
Home / NOTÍCIAS / Deputado Capitão Alden sugere alteração no Código Penal
terça-feira 6 de abril de 2021 às 15:57h

Deputado Capitão Alden sugere alteração no Código Penal

NOTÍCIAS, POLÍTICA


Por meio de indicação apresentada na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o deputado estadual Capitão Alden (PSL) sugeriu à Câmara dos Deputados e ao Senado Federal a alteração do Art. 268 do Decreto-lei nº 2.848/1940 do Código Penal. O artigo prevê a pena de detenção de um mês a um ano, e multa, a quem infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

O primeiro parágrafo determina o acréscimo de um terço à pena, se o agente é funcionário da saúde pública ou exerce a profissão de médico, farmacêutico, dentista ou enfermeiro.

Alteração

O segundo parágrafo sugerido pelo legislador determina que não há crime quando o agente praticar as condutas descritas no caput do artigo, “por funcionamento de estabelecimento comercial ou congêneres, comprovadamente como principal e único meio de subsistência financeira pessoal ou familiar, desde que sejam respeitadas as medidas sanitárias vigentes”.

Na justificativa, Alden citou a atuação dos governos dos estados que, para evitar o colapso do sistema de saúde, “endureceram as medidas para evitar a circulação de pessoas e, notadamente a decretação de prisão para os comerciantes, empresários e vendedores ambulantes que estiverem em funcionamento comercial, pois considerados como atividades não essenciais”, colocou.

Segundo o parlamentar, as únicas hipóteses em que se podem restringir alguns dos direitos e garantias fundamentais “são os chamados Estado de Defesa e o Estado de Sítio, cuja decretação compete ao Presidente da República, com aprovação do Congresso Nacional, nos termos dos mesmos dispositivos constitucionais citados”, atestou.

Veja também

Índice Abramat indica crescimento da indústria no primeiro trimestre

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) divulgou na semana passada a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!