quarta-feira 21 de abril de 2021
Foto: Assessoria
Home / DESTAQUE / Deputados de oposição na AL-BA rejeitam votar reforma no fim de semana
quinta-feira 30 de janeiro de 2020 às 10:38h

Deputados de oposição na AL-BA rejeitam votar reforma no fim de semana

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


Nesta quinta-feira (30) o líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Targino Machado (DEM), e o líder do DEM, Sandro Régis (DEM), reduziram segundo o Bahia Notícias, a zero a chance de um acordo com a bancada de governo que abriria possibilidade para a votação da reforma estadual da Previdência neste fim de semana. O plano foi cogitado pelo líder de Rui Costa (PT), deputado Rosemberg Pinto (PT).

Para Targino, Rosemberg está angustiado para aprovar o texto de Rui e, por conta disso, ignorou o fato que a convocação extraordinária dos deputados estaduais termina nesta sexta (31). “No dia 1° de fevereiro estaremos fora da convocação. A abertura dos trabalhos na Casa ocorre apenas na segunda-feira (3). Não existe possibilidade para essa votação no fim de semana e, enquanto eu for líder, a chance de um acordo é zero [de um acordo]”, disse.

Os deputados estaduais estão trabalhando durante o recesso parlamentar por conta de uma convocação extraordinária do governador para analisar o texto da reforma. A mesma postura foi tomada em outros estados, como o Rio Grande do Sul.

Pontos cruciais da reforma

Atualmente, o funcionário público estadual se aposentar com 60 anos e a funcionária com 55. Com a PEC, Rui quer que eles se aposentem com 64 e elas 61 anos.

No caso dos professores, atualmente o homem se aposenta com 55 anos e a mulher com 50. Com a reforma, os professores se aposentariam com 59 anos para os homens e 56 para mulheres. A reforma também que os que recebem mais de 3 salários mínimos (R$ 3.117) passam a contribuir com a Previdência.

O aumento no percentual da alíquota de contribuição também é um dos pontos mais reivindicados pelos servidores. A taxa que já sofreu um acréscimo de 12% para 14% em 2019, deve atingir os 15% com a nova proposta e será aplicada aos servidores que recebem mais que R$ 15 mil por mês.

Veja também

Mais de 335 quilômetros de rodovias passarão por recuperação no oeste da Bahia

Mais de 335 quilômetros de rodovias serão recuperados pelo Governo do Estado no oeste da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!