segunda-feira 26 de outubro de 2020
Home / NOTÍCIAS / Eleições 2020: confira os planos de governo dos candidatos a prefeito de Salvador
segunda-feira 28 de setembro de 2020 às 18:19h

Eleições 2020: confira os planos de governo dos candidatos a prefeito de Salvador

NOTÍCIAS, POLÍTICA


O portal G1 publicou os principais pontos das propostas de governo dos candidatos a prefeito de Salvador nas eleições de 2020. Veja abaixo (os nomes estão em ordem alfabética):

BACELAR (Podemos):

Número de páginas: 89

Resumo: Em seu plano de governo, o candidato Bacelar afirmou que seu projeto de candidatura à Prefeitura de Salvador foi construído a partir de uma orientação focada no atendimento das pessoas e na atenção aos bairros. O documento promete recuperar a noção de Salvador como “capital do Brasil”, a “alma” do país. Promete, ainda, foco central na melhoria de vida das pessoas e preocupação maior com a população negra residente nas periferias.

Bacelar se compromete, também, a fomentar, em 2021, o desenvolvimento dos territórios com gestão compartilhada, além de promover a descentralização administrativa e gestão pública intersetorial. O candidato defende a transparência das ações estatais e avaliações permanentes da população e a integração de cadastros e bancos de dados da área social. Promete, ainda, a aquisição de equipamentos públicos como referências para o convívio social e oportunidades de desenvolvimento de comunidades e cidadãos.

BRUNO REIS (DEM):

Número de páginas: 103

Resumo: Em seu plano de governo, denominado “Salvador sempre em frente”, Bruno Reis promete a continuação do trabalho do atual prefeito ACM Neto. A primeira página do documento é inteira dedicada a elogios para a gestão atual. Entre suas promessas, estão a implantação do Programa Vida Nova, com foco em desenvolver ações voltadas para o fortalecimento de unidades familiares.

Diz ainda que implantará, em convênio com o governo federal, um programa de equidade para as mulheres, chamado “Casa da Mulher Soteropolitana”. Bruno Reis afirma que também vai priorizar a política para a infância e juventude, com foco em preparar os jovens para, desde cedo, assumirem papel de destaque na sociedade, favorecendo o seu desenvolvimento pessoal e social. O advogado também prometeu ampliar o trabalho do Observatório da Discriminação Racial, LGBT e Violência contra a Mulher e continuar o trabalho na Unidade de Políticas para Pessoas com Deficiência (UPCD).

Celso Cotrim (PROS)

O candidato do PROS à Prefeitura de Salvador não cadastrou plano de governo no site do Tribunal Superior Eleitoral.

Hilton Coelho (PSOL)

Número de páginas: 13

Resumo: O candidato diz que vai estabelecer uma relação estreita com o conhecimento produzido nas universidades, em que elas sejam chamadas a colaborar na construção de um novo projeto para Salvador. Hilton Coelho afirma que é preciso rever o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) e a Lei de Ordenamento do Uso e Ocupação do Solo (LOUOS), através de um amplo debate com a população sobre Reforma Urbana.

Defende a utilização da rede municipal de ensino como espaço privilegiado para formação técnica e profissional, articulando as estruturas municipais de emprego como o Sine às políticas de formação profissional. A construção do programa “Inova Salvador de Ciência, Inovação e Tecnologia” com a celebração de convênios com as universidades, viabilizando a produção de núcleos de elaboração de novas tecnologias e desenvolvimento científico, articulado com a política educacional e formação de mão de obra qualificada, com a utilização do Simm como órgão de formação profissional.

Major Denice Santiago (PT)

Número de páginas: 40

Resumo: A candidata afirmou que vai desenvolver políticas amplas voltadas à população negra e para as mulheres. Major Denice prometeu ações integradas nas áreas da educação, assistência social, segurança alimentar, criança e adolescente, idosos, Direitos Humanos e população portadora de deficiência. Além da criação da maternidade municipal, quatro policlínicas e o Programa de Saúde Integral da Mulher com o “Disque Mamãe”.

Ainda na área da saúde, Major Denice prometeu estabelecer parceria com o Governo do Estado para consolidar o Centro de Referência Estadual de Anemia Falciforme e fazer parcerias com universidades e pesquisadores para ampliar essa atuação. Na educação, uma das ações é a ampliação em 50% as vagas para alunos e alunas, no projeto Escola de Tempo Integral. A candidata também prometeu a criação de 13 creches municipais, além do fortalecimento e consolidação da parceria com as creches comunitárias de pelo menos sete bairros.

Olívia Santana (PC do B)

Número de páginas: 58

Resumo: Em seu plano de governo, Olívia Santana informou que políticas públicas serão implementadas para ampliar o acesso das pessoas mais necessitadas à internet como fator de enfrentamento das desigualdades. Prometeu, ainda, um novo projeto de desenvolvimento baseado em 4 macrovertentes: retomada da economia, redirecionamento do desenvolvimento urbano da cidade, melhoria das condições de vida das pessoas e gestão democrática e transparente da cidade.

A candidata afirmou que vai rever o modelo de política tarifária para fazer um sistema de transporte acessível à população e de qualidade. Já para a educação, algumas das promessas são os investimentos que vão desde a melhoria do espaço físico, qualidade do material didático e dos laboratórios e do amplo acesso à internet até a democratização da escola e a valorização e capacitação dos profissionais da educação. É proposto, ainda, o fortalecimento do SUS como medida para a saúde pública.

Pastor Sargento Isidório (Avante)

Número de páginas: 16

Resumo: Sob o título “Vamos Cuidar de Gente”, Pastor Sargento Isidório promete criar a Rede Cuidar, projeto que terá como prioridade para a prevenção, reduzindo a demanda por serviços hospitalares e a fila de espera por cirurgias. O candidato também afirmou que vai criar programa de conscientização sobre maternidade e paternidade responsável e realizar campanhas contra o assédio sexual.

Há ainda o compromisso de “garantir e viabilizar os direitos constitucionais de todos aos homossexuais, combatendo qualquer tipo de intolerância e discriminação”, além da construção de hospital e cemitério para animais. Outra meta estabelecida é a criação de um programa que prevê oferta de oficinas para jovens carentes para gerar empregos na área de economia criativa. O programa do candidato ainda cita parcerias com universidades para mutirão de alfabetização de jovens e adultos.

Rodrigo Pereira (PCO)

O candidato do PCO à Prefeitura de Salvador afirmou que o plano de governo dele é o mesmo de todos os candidatos do partido, ou seja, um plano nacional. O documento não está cadastrado no site do Tribunal Superior Eleitoral.

Veja também

Bolsonaro não quer escândalos com verba das vacinas como ocorreu com respiradores

Conforme a Folha de S. Paulo, o presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo (25) que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!