domingo 11 de abril de 2021
Home / NOTÍCIAS / Em favor da vida, Associação Comercial da Bahia, CDL Salvador, FCDL Bahia e Fecomércio Bahia apoiam decretos restrições
terça-feira 2 de março de 2021 às 19:11h

Em favor da vida, Associação Comercial da Bahia, CDL Salvador, FCDL Bahia e Fecomércio Bahia apoiam decretos restrições

NOTÍCIAS


As entidades empresariais – Associação Comercial da Bahia, CDL Salvador, FCDL Bahia e Fecomércio Bahia – se reuniram com o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), para tratar do avanço da pandemia.

Os números evidenciam a situação de colapso no atendimento à saúde. Assim, o grupo empresarial teve como única alternativa optar entre a continuidade dos decretos sucessivos de 48 horas ou a extensão das medidas de isolamento por mais cinco dias.

As entidades optaram pelo decreto municipal até as 5h do dia 08/03 (segunda-feira), mediante o compromisso do Prefeito de retorno das atividades, impreterivelmente, nesta data, garantindo em paralelo abertura de novos leitos, o que desafogaria o sistema.

Atendendo ao pleito do setor, também será criado um comitê de crise público-privado, com a participação conjunta do Governo do Estado, Prefeitura de Salvador e das entidades empresariais, com a finalidade de estudar outras medidas de enfrentamento à crise.

Neste momento de diligência para contenção do coronavírus e de grave crise enfrentada pelos empresários do comércio, abatidos pelas medidas que perduram há quase um ano, as principais entidades do comércio baiano declaram o seu Manifesto na Luta contra o Coronavírus, com os seguintes itens:

  • A PRESERVAÇÃO DAS VIDAS estará sempre em primeiro lugar nas nossas ações;
  • Todos os esforços dos governantes devem ser para o avanço da VACINAÇÃO, pois só com a ampla imunização, teremos nossas vidas e a economia restauradas;
  • É FUNDAMENTAL o PARCELAMENTO TRIBUTÁRIO, nas esferas municipal, estadual e federal, para garantir a sobrevivência das empresas e de empregos, evitando um colapso econômico no Estado;
  • A concessão de LINHAS DE CRÉDITO, sem a burocracia do sistema bancário, é medida urgente para a manutenção das empresas e da própria arrecadação pública;
  • A reativação ou abertura de NOVOS LEITOS E HOSPITAIS DE CAMPANHA pelos poderes públicos é imprescindível;
  • Apoiamos a rígida fiscalização e aplicação de multas a empreendimentos e cidadãos que promovam aglomerações irresponsáveis no período da pandemia;
  • Por meio do citado comitê público-privado, o setor produtivo pleiteia estar presente nas reuniões cujas decisões possam interferir nas atividades do segmento.

Veja também

ACM Neto anuncia criação do Democratas Diversidade

Em convenção nacional da Juventude, ex-prefeito de Salvador diz que partido quer distância de extremismos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!