segunda-feira 30 de março de 2020
Home / Mundo / MUNDO / EUA passam China e se tornam país com maior número de infectados pelo coronavírus, diz jornal
quinta-feira 26 de março de 2020 às 18:56h

EUA passam China e se tornam país com maior número de infectados pelo coronavírus, diz jornal

MUNDO, NOTÍCIAS


Os Estados Unidos ultrapassam a China e agora lideram o mundo em casos confirmados de coronavírus: mais de 81 mil. Os cientistas alertaram que o país um dia se tornariam o mais atingido pela pandemia de coronavírus. Esse momento chegou nesta quinta-feira, 26, de acordo com dados coletados pelo New York Times.

Nos Estados Unidos, sabe-se que pelo menos 81.321 pessoas foram infectadas com o coronavírus, incluindo mais de 1.000 mortes – mais casos do que a China, a Itália ou qualquer outro país até agora.

Com 330 milhões de residentes, os Estados Unidos são a terceira nação mais populosa do mundo, o que significa que ela fornece um vasto conjunto de pessoas que podem potencialmente receber a covid-19, doença causada.

Em uma democracia ampla e cacofônica, em que os Estados estabelecem suas próprias políticas e o presidente Donald Trump envia mensagens contraditórias sobre a escala do perigo e como combatê-lo, não houve, segundo o jornal, uma resposta coerente e unificada a uma grave ameaça à saúde pública.

Embora o sistema médico americano seja insuperável e seu sistema de saúde pública tenha a reputação de ser um dos melhores do mundo, uma série de erros e oportunidades perdidas prejudicaram a resposta do país.

Entre eles: um fracasso em levar a pandemia a sério, mesmo quando ela tomou conta da China, um esforço profundamente defeituoso para fornecer testes abrangentes para o vírus que deixou o país cego à extensão da crise e uma escassez terrível de máscaras e equipamentos de proteção para proteger médicos e enfermeiros na linha de frente, bem como respiradores para manter vivos os doentes graves, segundo a análise do New York Times.

Veja também

Governadores prometem reagir a eventual decreto de Bolsonaro

Governadores estudam acionar a Justiça se o presidente Jair Bolsonaro cumprir a sua vontade e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!