sábado 26 de setembro de 2020
Festa de casamento da advogada Anna Carolinna Noronha, filha do ministro e ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) João Otávio Noronha, com o empresário Eduardo Antonio OliveiraFesta de casamento da advogada Anna Carolinna Noronha, filha do ministro e ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) João Otávio Noronha, com o empresário Eduardo Antonio Oliveira | Foto: Reprodução Instagram
Home / NOTÍCIAS / Filha de ministro festeja casamento em meio à pandemia da Covid-19; ex-esposa e filho de Bolsonaro estiveram presentes
segunda-feira 14 de setembro de 2020 às 16:05h

Filha de ministro festeja casamento em meio à pandemia da Covid-19; ex-esposa e filho de Bolsonaro estiveram presentes

NOTÍCIAS


A pandemia da Covid-19 não impediu que a advogada Anna Carolinna Noronha, filha do ministro e ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) João Otávio Noronha, celebrasse seu casamento com o empresário Eduardo Antonio Oliveira no último sábado (12). Cerca de 150 pessoas estavam presentes na festa, que aconteceu no Lago Sul, em Brasília. O convidado mais esperado, porém segundo a coluna de Bela Megale, não apareceu. Era o presidente Jair Bolsonaro. Da família foram o filho “04”, Jair Renan, e a sua mãe e ex-mulher do presidente, Ana Cristina Valle, que compartilhou fotos nas redes sociais ao lado de Noronha.

A ex-mulher de Bolsonaro, Ana Cristina Valle e o ministro do STJ e pai da noiva, João Otávio Noronha
A ex-mulher de Bolsonaro, Ana Cristina Valle e o ministro do STJ e pai da noiva, João Otávio Noronha | Reprodução Instagram

Máscaras e álcool gel foram distribuídos, mas mais da metade dos presentes abriram mãos dos itens. Nesse grupo estavam o Jair Renan, sua mãe, os noivos e o ministro Noronha. Jair Renan teve Covid-19 no mês passado.

O ministro do STJ e pai da noiva, João Otávio Noronha, e Jair Renan,  filho do presidente Jair Bolsonaro
O ministro do STJ e pai da noiva, João Otávio Noronha, e Jair Renan, filho do presidente Jair Bolsonaro | Reprodução Instagram

Entre os presentes que não abandonaram a máscara estava ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, também usou o item durante boa parte do tempo em que ficou na festa.

Noronha tem tentando se cacifar para uma das vagas do Supremo Tribunal Federal (STF) que abrirá no mandato de Bolsonaro. Ele foi duramente criticado por colegas do STJ em junho, quando concedeu a prisão domiciliar a Fabrício Queiroz e à mulher dele, Márcia Aguiar, que na ocasião estava foragida.

Veja também

Portuários têm direito a remuneração por produtividade e horas extras

O regime de remuneração por produção dos portuários é compatível com o pagamento de horas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!