domingo 25 de outubro de 2020
Foto: Assessoria
Home / NOTÍCIAS / Geraldo Júnior e MDB elegem a Secretaria de Cultura e Turismo como uma das prioridades para a próxima gestão
segunda-feira 5 de outubro de 2020 às 06:54h

Geraldo Júnior e MDB elegem a Secretaria de Cultura e Turismo como uma das prioridades para a próxima gestão

NOTÍCIAS, POLÍTICA


A Secretaria de Cultura e Turismo é apontada como uma das prioridades da próxima gestão municipal. A afirmação foi feita durante reunião realizada na última sexta-feira (02), que contou com a presença do
Presidente estadual do MDB, Alex Futuca.

A pasta da Cultura e Turismo foi elencada como prioridade para o MDB na próxima gestão. O trabalho de Claúdio Tinoco, e atualmente o do diretor do Centro Histórico, Gegê Magalhães, foi muito bem avaliado pelo MDB, partido da base do prefeito ACM Neto.

“A pasta da Cultura e do Turismo é estratégica para uma cidade como Salvador, berço da cultura e dos destinos mais preferidos pelos turistas do Brasil e de outros países. Precisamos regionalizar e profissionalizar, ainda mais, o turismo e a cultura de nossa cidade, ampliando a ingerência do município em todas as regiões da cidade, a exemplo do Subúrbio Feroviário, um belo cartão postal ainda que poderá ser muito melhor explorado pelo trade turístico e que merece uma atenção especial”, afirmou Geraldo Júnior.

Para lembrar, neste domingo, o candidato Bruno Reis realizou carreata no Subúrbio, área extensa da cidade e que tem merecido grande atenção dos candidatos a prefeito e vereador da capital.

“O MDB será um dos partidos que vai mais crescer nestas eleições e por isso, tendo definido áreas prioritárias e o turismo, com certeza é uma delas”, pontuou Alex Futuca, presidente estadual do MDB estadual.

Geraldo Júnior também mandou um recado.“Aqueles que pensam que estão com seus cargos assegurados estão enganados, principalmente os que se acham acima do bem e do mal”, afirmou.

Veja também

Mercado publicitário já começa a reverter os impactos econômicos da pandemia

O impacto causado pela pandemia da Covid-19 e a retração econômica sobre os investimentos em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!