sábado 31 de julho de 2021
Foto: Reprodução/Facebook
Home / DESTAQUE / Governador da Bahia comemora retirada de exigência de fase 3 no Brasil para uso emergencial de vacinas
quinta-feira 4 de fevereiro de 2021 às 05:24h

Governador da Bahia comemora retirada de exigência de fase 3 no Brasil para uso emergencial de vacinas

DESTAQUE, NOTÍCIAS


O governador da Bahia, Rui Costa (PT), comemorou a decisão desta última quarta-feira (3) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), de não vai mais exigir que haja estudos de fase três em andamento no Brasil para que a agência conceda a autorização emergencial.

Essa mudança pode facilitar o trâmite para permissão novas vacinas, incluindo a russa Sputnik V, que tem acordo com o governo da Bahia para para distribuir e comercializar 50 milhões de doses da vacina no país.

“Muito feliz com a decisão da Anvisa que retira a exigência de fazer estudos no Brasil. Nesse momento eu não posso deixar de agradecer e a parabenizar a Procuradoria Geral do Estado da Bahia, agradecer ao STF pela postura firme, determinante na defesa da saúde pública e da vida humana”, afirmou Rui.

“Abre espaço para que tenhamos milhões de doses da vacina Russa e também milhões de doses de outras vacinas. Que agora podemos abrir a porta para que a gente tenha registro e imunize o povo brasileiro mais rapidamente”, disse o governador.

A Anvisa chegou a rejeitar o pedido de autorização para uso emergencial da vacina, citando a falta de estudos clínicos sobre a fase três do imunizante. A gestão de Rui Costa (PT) recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF), em janeiro deste ano, com um pedido liminar de autorização para importação e registro emergencial da Sputnik V.

“Com isso, além de salvar milhares de vidas humanas e de esvaziar nossos hospitais, nós vamos retomar a vida à normalidade, a economia, a renda, diminuir o sofrimento do nosso povo”, completou o petista.

Atualmente, apenas as vacinas CoronaVac e AstraZeneca/Oxford, estão aprovadas para uso emergencial no Brasil.

Veja também

Hospital Municipal de Salvador retoma cirurgias eletivas

O Hospital Municipal de Salvador (HMS) retomou as cirurgias eletivas na unidade após 120 dias …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!