sábado 24 de julho de 2021
Foto: Reprodução/O Imparcial
Home / DESTAQUE / Governador de estado no Nordeste vai pagar com prêmios de até R$ 10 mil para quem se vacinar contra covid
quarta-feira 16 de junho de 2021 às 08:21h

Governador de estado no Nordeste vai pagar com prêmios de até R$ 10 mil para quem se vacinar contra covid

DESTAQUE, NOTÍCIAS


Enquanto governadores entram em disputa para ver quem aplica a primeira dose da vacina contra a Covid-19 mais rápido em toda a população adulta, o governador Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão, anunciou que sorteará até R$ 10.000 em prêmios na próxima semana para quem completar o esquema vacinal. O anúncio, feito na tarde desta última terça-feira (15) deve incentivar a população a tomar a segunda dose. Dino é cotado para ser vice de Lula em 2022.

Vacina

A premiação será na forma de cartões para compra de alimentos que variam de R$ 1.000 e R$ 10.000. Antes, quem recebia o imunizante também ganhava mingau de milho em “arraiás da imunização”, onde a aplicação de doses ocorria de forma ininterrupta aos fins de semana. A ação vem na esteira do que tem ocorrido nos Estados Unidos, onde estados oferecem donuts, cerveja e até maconha para quem se imunizar.

Com 210 mil doses extras, São Luís já aplica a primeira dose em pessoas a partir de 26 anos, fora de grupos prioritários, e registra até o chamado “turismo de vacina”. A capital reforçou a imunização depois de registrar os seis primeiros casos da variante delta no país depois que um navio com tripulantes infectados aportou em seu litoral, em 14 de maio.

Pelo menos oito estados já definiram calendário para imunizar adultos a partir de 18 anos sem comorbidades. São Paulo, Pará, Goiás e Rio Grande do Sul pretendem aplicar a primeira dose em todo esse grupo até setembro. Sem uma gestão coordenada, outros locais, como o Distrito Federal, estacionaram no calendário e imunizam cidadão a partir de 50 anos.

Veja também

Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose de vacina contra Covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou em comunicado hoje (23) que ainda não …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!