sábado 31 de julho de 2021
Home / DESTAQUE / Governadores e prefeitos deixam cargos de olho na eleição de outubro

Governadores e prefeitos deixam cargos de olho na eleição de outubro

terça-feira 10 de abril de 2018 às 07:07h

No Brasil, seis governadores já renunciaram aos seus cargos pensando em alçar voos maiores nas eleições de outubro. O mais ambicioso é Geraldo Alckmin(PSDB), que deixou o governo de São Paulo para tentar se eleger presidente (ele perdeu em 2006 diante de Lula).

Outros cinco governadores deixaram seus cargos para tentar uma vaga no Senado. É o caso, por exemplo, de Beto Richa (PSDB) no Paraná e Marconi Perillo (PSDB) em Goiás.

Dos seis governadores que deixaram seus cargos, três são PSDB, dois do MDB e um do PSD.

No troca-troca, o PSB se deu melhor e vai ganhar dois estados: Daniel Pereira assume em Rondônia e Márcio França assume em São Paulo. O partido tinha três governadores até então, os de Distrito Federal, Paraíba e Pernambuco.

No espectro direita/esquerda, dois estados trocam de cor: Rondônia perde Confúcio Moura do MDB e ganha Daniel Pereira do PSB. Já Santa Catarina perde Raimundo Colombo (PSD) e ganha Eduardo Pinho Moreira (MDB).

Estados

Veja quais governadores renunciaram:

EstadoQuem eraPor que vai sairQuem assume
GoiásMarconi Perillo (PSDB)Concorrer ao SenadoJosé Eliton Jr. (PSDB)
ParanáBeto Richa (PSDB)Concorrer ao SenadoCida Borghetti (PP)
RondôniaConfúcio Moura (MDB)Concorrer ao SenadoDaniel Pereira (PSB)
Santa CatarinaRaimundo Colombo (PSD)Concorrer ao SenadoEduardo Pinho Moreira (MDB)
São PauloGeraldo Alckimin (PSDB)Concorrer à presidênciaMárcio França (PSB)
SergipeJackson Barreto (MDB)Concorrer ao SenadoBelivaldo Chagas (PSD)

Capitais

Nas capitais, os quatro prefeitos que renunciaram ao cargo vão tentar concorrer ao governo de seus estados.

O caso mais emblemático é o de João Doria (PSDB): mesmo prometendo cumprir os quatro anos de mandato, sai para disputar o governo e deixa o cargo para seu vice, Bruno Covas, também do PSDB.

Já o PT perdeu a capital Rio Branco (AC) com a saída de Marcus Alexandre. Assumiu Socorro Nery (PSB). Assim, o partido fica com nenhuma capital. É a primeira vez que isso acontece desde 1988.

Confira:

CapitalQuem eraPor que vai sairQuem assume
São Paulo – SPJoão Doria (PSDB)Concorrer ao governoBruno Covas (PSDB)
Palmas – TOCarlos Amastha (PSB)Concorrer ao governoCinthia Ribeiro (PSDB)
Rio Branco – ACMarcus Alexandre (PT)Concorrer ao governoSocorro Nery (PSB)
Natal – RNCarlos Eduardo (PDT)Concorrer ao governoÁlvaro Dias (MDB)
Acesse Política

Veja também

Bruno Reis confirma que retorno das aulas será anunciada após reunião com APLB

O prefeito Bruno Reis (DEM) afirmou que pretende anunciar a data do retorno das aulas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!