quarta-feira 4 de agosto de 2021
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Governo do Estado discute transferência da gestão do Centro Industrial do Subaé para o Centro das Indústrias de Feira de Santana
terça-feira 13 de julho de 2021 às 06:04h

Governo do Estado discute transferência da gestão do Centro Industrial do Subaé para o Centro das Indústrias de Feira de Santana

NOTÍCIAS


Com o objetivo de discutir a transferência da gestão do Centro Industrial do Subaé (CIS) para o Centro das Indústrias de Feira de Santana (CIFS), o secretário de Desenvolvimento Econômico, Nelson Leal, participou, nesta última segunda-feira (12), do encontro com representantes de entidades empresariais do município. Durante a reunião, no auditório do Hotel Atmosfera, o secretário recebeu, das mãos dos empresários, documento com sugestões para o desenvolvimento da região.

“Viemos aqui hoje discutir a política industrial, sobretudo porque entendemos que a parceria com as indústrias e os empresários deve ser cada vez mais estendida. Estamos conversando para buscar a melhor solução tanto para o estado quanto para os empresários no que diz respeito ao CIS. É importante priorizar o desenvolvimento e, para fazer com que essa cidade seja cada vez melhor para se viver. Esse nosso projeto de passar os distritos industriais para quem de fato o faz e esta no seu dia trabalhando e lutando, ele é sem sombra de dúvida o caminho mais eficiente. A minha vinda aqui hoje é um chamado para uma parceria que nós obviamente iremos ter e que será um grande avanço para impulsionar a industrialização do interior da Bahia”, disse Leal.

Política Industrial

Para o Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana, Genildo Leal, o encontro foi muito proveitoso, pois além do anúncio de novos investimentos para o município, a comunicação com o Governo do Estado se estreitou ainda mais. “Estaremos sempre de portas abertas, com um permanente diálogo, no intuito de trazer sempre benefícios para o comércio, a indústria e os serviços da nossa cidade. Parabenizo a brilhante apresentação feita hoje aqui pela equipe da SDE”, disse Genildo.

Na ocasião,  duas empresas assinaram dois protocolos de intenções com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). Em Feira de Santana, a Palma Flex Indústrias de Embalagens deve investir R$ 2,8 milhões para ampliar e modernizar a sua fábrica destinada à produção de bobinas fracionadas de filmes stretch, shrink e filmes técnicos para empacotamento automático, sacarias e compostos termoplásticos reciclados. Com a expansão, a empresa terá o incremento na capacidade de produção estimada em até 458,8 mil kg por ano. A empresa pretende gerar 25 empregos. Já a Movemba Indústria e Comércio de Móveis e Embalagens Plásticas deverá investir R$ 1,5 milhão na implantação de uma unidade industrial voltada à fabricação de móveis e baldes plásticos injetados. A empresa deve promover 27 empregos e terá a capacidade de produção de até 1,2 mil toneladas por ano.

“A expectativa é gerar mais empregos. Uma empresa que começou pequena e agora pretende crescer com a indústria de plástico, que produz sacolas, filmes plásticos e outros produtos”, explicou o sócio da empresa Palma Flex Ricardo Sena Aragão.

O encontro também contou com a presença do presidente do Centro das Indústrias de Feira de Santana (CIFS), Augusto Fábio Soares, do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Feira de Santana, Luiz Mercês, e do representante da Federação das Indústrias do Estado da Bahia, João Baptista Ferreira.

Veja também

Bolsonaro diz que Bolsa Família pode chegar a R$ 400

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta última terça-feira (3) que o governo estuda uma maneira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!