quarta-feira 16 de junho de 2021
Foto: Reprodução/BBC
Home / Mundo / MUNDO / Hamas vai pagar “preço muito alto”, diz Netanyahu; bombardeios se intensificam
quarta-feira 12 de maio de 2021 às 07:38h

Hamas vai pagar “preço muito alto”, diz Netanyahu; bombardeios se intensificam

MUNDO, NOTÍCIAS


As ofensivas entre Israel e o grupo palestino Hamas, que controla a Faixa de Gaza, se intensificaram na madrugada desta quarta-feira (12). Pelo menos 35 palestinos foram mortos na Faixa de Gaza e 3 pessoas morreram em Israel, de acordo com a Reuters.

O IDF (Israel Defense Force) afirmou que realiza “o maior ataque desde 2014”. Segundo o órgão de defesa de Israel, foram mais de 1.050 foguetes lançados pelo Hamas em 38 horas de confronto.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, advertiu na noite dessa terça-feira (10) que os militares do Hamas pagariam um preço “muito alto” pelos ataques ao país. O governo israelense decretou estado de emergência na cidade de Lod, sudoeste de Tel Aviv, um dos alvos dos ataques do Hamas.

“Estamos no auge de uma campanha de peso”, disse Netanyahu em declaração feita ao lado de Benny Gantz, ministro da Defesa.

“Eu tenho recebido atualizações o dia todo sobre o que está acontecendo aqui na cidade [de Lod] e vejo a situação como extremamente grave. Isso é anarquia de desordeiros que não podemos aceitar”.

As ofensivas se intensificaram na segunda-feira (10), durante um feriado israelense em comemoração à captura de Jerusalém Oriental na guerra de 1967.

Em seu perfil oficial do Twitter, o IDF afirmou que atingiu “uma série de alvos terroristas significativos”.

“Em resposta a CENTENAS de foguetes [lançados] nas últimas 24 horas, o IDF atingiu uma série de alvos terroristas significativos e operações terroristas em toda a Faixa de Gaza, marcando nosso maior ataque desde 2014. Atualmente estamos atacando mais alvos terroristas em Gaza”, escreveu o órgão.

Veja também

Witzel diz que Moro foi ‘menino de recado de Bolsonaro’ no governo

No seu depoimento à CPI da Pandemia nesta quarta-feira (16), o governador cassado do Rio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!