segunda-feira 1 de março de 2021
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Joca Soares não descarta ser vice e elogia Olívia e avisa: 'Bom jogador pode ganhar partidas, mas campeonato só se ganha em equipe'
segunda-feira 24 de agosto de 2020 às 08:16h

Joca Soares não descarta ser vice e elogia Olívia e avisa: 'Bom jogador pode ganhar partidas, mas campeonato só se ganha em equipe'

NOTÍCIAS, POLÍTICA


Em entrevista ao site de Evilásio Júnior, o presidente municipal do Progressistas, Joca Soares abriu o jogo. Ele tem sido o mais cotado para compor a vice na chapa encabeçada pela deputada estadual Olívia Santana, pré-candidata do PCdoB à Prefeitura de Salvador e não descarta assumir a missão.

A vaga ficou em aberto após a desistência de Niltinho, mas o ex-campeão mundial de kickboxer enfrenta resistências internas na legenda comunista, por ter um perfil semelhante ao da parlamentar e, em tese, não agregar um eleitorado diferente.

“Meu nome ter sido indicado, para mim, é uma honra e, com certeza, nomes é o que não faltam no Progressistas. Pensamos que um bom jogador pode ganhar partidas, mas um campeonato só se ganha em equipe. Assim é a nossa filosofia. Um tentando auxiliar ao outro, pois sozinho ninguém faz nada nesta vida. A certeza que temos é que a união do PP e o PCdoB em Salvador fará história nestas eleições”, projetou Joca, que não poupou elogios a Olívia: “Primeiro por ser mulher, o maior eleitorado do país é formado por elas. Uma mulher negra que venceu por merito próprio, foi vereadora, secretária do Município e do Estado, hoje deputada. Ela é a cor de Salvador!”.

Em relação à eleição proporcional, o progressista estima que a legenda fará três vereadores, mas não arrisca citar nomes para “não causar ciúmes”.

“O partido vem com mais de 50 candidatos a vereadores fortes, nomes que têm história em Salvador, além de ações junto às suas comunidades. Dentre eles, artistas, empresários, ativistas e sacerdotes. Pode ter certeza que o PP vai surpreender nestas eleições em Salvador”, estimou.

Em relação ao impacto eleitoral da pandemia, Joca Soares aposta na comunicação virtual com os eleitores e não acredita em aumento expressivo no índice de abstenção no pleito deste ano.

“Sem dúvidas, o corpo-a-corpo, a campanha de rua, é muito importante, mas com a questão do novo coronavírus devemos pensar primeiramente na saúde da população. Será um grande desafio, mas temos as mídias digitais, que são uma ferramenta fundamental neste momento. Quanto aos votos, não, pelo contrário, as pessoas terão a informação mais dinâmica com muito mais conteúdo, a exemplo das lives que estão sendo realizadas”, apostou.

Segundo o site de Evilásio, se Joca não conseguir emplacar o nome na vice, o ex-atleta tentará uma vaga na Câmara.

Veja também

Políticos de fibra não temem críticas de jornalistas (por Juan Arias)

Só os medíocres e inseguros Meus longos anos como jornalista me ensinaram que os verdadeiros …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!