terça-feira 20 de abril de 2021
Foto: Reprodução
Home / CURIOSIDADES / Jovem declarado morto volta à vida quando iniciaria procedimento para doação de órgãos
terça-feira 6 de abril de 2021 às 06:03h

Jovem declarado morto volta à vida quando iniciaria procedimento para doação de órgãos

CURIOSIDADES, NOTÍCIAS


Um jovem teve lesões cranianas severas após ser atropelado por uma van, na cidade inglesa de Leek, no dia 13 de março, e os médicos disseram à família que ele havia sofrido uma “morte do tronco encefálico”. No entanto, prestes a realizar um procedimento para doação dos órgãos, ele deu sinal de vida.

De acordo com o tabloide britânico Metro, a família de Lewis Roberts, de 18 anos, já havia concordado em doar os órgãos dele a sete pessoas, mas durante a espera para a realização do procedimento, sua irmã, Jade Roberts, decidiu incentivá-lo a respirar por conta própria e exatamente no momento em que ela fez isso, ele respondeu respirando, conforme mostra um vídeo que a própria irmã do rapaz postou em seu Facebook.

“Esta manhã, pretendíamos nos despedir. Ele foi oficialmente declarado morto ontem. Segurei a mão de Lewis e pedi para ele respirar após uma contagem até 3. Quando eu disse ‘1, 2, 3, respire’, uma linha marrom apareceu [no aparelho médico]”, explica Jade.

Ela conta que os médicos explicaram que talvez fosse algum problema no aparelho, e acabaram convencidos de que talvez fosse isso mesmo, mas quando chegou em casa, recebeu uma ligação do hospital dizendo que o irmão estava mesmo respirando.

Uma semana depois, ela chegou a compartilhar que o irmão havia conseguido passar um dia inteiro sem utilizar um ventilador pulmonar, onde estava intubado, mas ele acabou precisando voltar a respirar por aparelhos. Apesar de sua melhora, o estado de Lewis ainda é grave e a família tenta arrecadar dinheiro por meio de um financiamento coletivo para pagar o tratamento.

Veja também

Os culpados pela lambança no Orçamento, segundo Paulo Guedes

O ministro Paulo Guedes, em conversas privadas segundo a coluna de Lauro Jardim, não admite …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!