sexta-feira 23 de abril de 2021
Foto: Reprodução
Home / JUSTIÇA / Justiça nega mudança no regime de bens de Marcelo Odebrecht
quarta-feira 24 de fevereiro de 2021 às 19:12h

Justiça nega mudança no regime de bens de Marcelo Odebrecht

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


A juíza Tania Zveibil Zekcer, da 9ª Vara da Família e Sucessões do TJ de SP, negou nesta última terça-feira (23), o pedido feito por Marcelo Odebrecht e sua mulher, Isabela Cristina Alvarez Odebrecht, para a alteração do regime de bens do casal. A solicitação foi feita em fevereiro de 2020. A ideia era mudar o regime de partilha da comunhão parcial de bens, firmada no início da relação, em dezembro de 1992, para o de separação de bens.

No andamento do processo, porém, conforme o jornal O Globo, a Odebrecht, atual Novonor, pediu para opinar como interessada no caso. Argumentou que a solicitação visava a ocultação dos bens do casal em nome de suas filhas “no intuito de retirar valores do alcance dos credores”. Marcelo, a mulher e as filhas são alvos em ação da Odebrecht que pede o bloqueio de seus bens.

“Por conseguinte, diante deste panorama, pendentes supostas dívidas e em cursoprocessos judiciais e procedimento arbitral a envolver os requerentes, não há como se acolhero pedido inicial, sobremaneira em virtude das peculiaridades do regime visado, da separação total de bens”, argumentou a juíza.

Veja também

R$ 162 milhões: Vencedor da Mega da Virada que perdeu prazo para ir buscar prêmio aparece

Um consumidor procurou o Procon de São Paulo segundo o jornal O Globo afirmando ser …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!