quinta-feira 4 de março de 2021
Rodrigo Pacheco — Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Home / NOTÍCIAS / MDB deve selar apoio a Pacheco para Presidência do Senado
quinta-feira 28 de janeiro de 2021 às 18:24h

MDB deve selar apoio a Pacheco para Presidência do Senado

NOTÍCIAS, POLÍTICA


O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e líderes do MDB devem voltar a conversar na tarde desta quinta-feira para selarem acordo em torno da candidatura de Rodrigo Pacheco (DEM-MG) à Presidência da Casa. A aliança está pendente apenas de uma oficialização, mas, nos bastidores, integrantes de ambos os lados já dão como certa a união entre os dois partidos.

Por conta disso, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) vai anunciar em instantes sua decisão de permanecer no pleito como “candidatura independente”. As negociações entre o DEM e o MDB pela eleição de Rodrigo Pacheco devem envolver ao menos dois cargos na Mesa Diretora e o controle de uma comissão da Casa. Líderes que participaram das tratativas contaram que a proposta é ceder a vice-presidência, a 2ª Secretaria e a presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aos emedebistas.

A oferta agradou parte da bancada do MDB, o que aumentou a pressão pela desistência de Simone Tebet (MDB-MS). Apesar disso, Simone Tebet decidiu se manter no páreo. Desta forma, o MDB deverá liberar a bancada para que cada senador vote como achar melhor.

Aos colegas de bancada, Simone explicou ontem que não pode desistir da candidatura mais uma vez. Isso porque ela já abdicou do pleito em 2019, quando o senador Renan Calheiros (MDB-AL) conseguiu o apoio da maioria da bancada para enfrentar Alcolumbre.

Veja também

Representante da Covaxin tem reunião com Anvisa para discutir dados da vacina

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) terá nesta quinta-feira (4) reunião com a Precisa, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!