terça-feira 3 de agosto de 2021
Senacom identificou riscos de não cumprimento contratual no mercado da construção civil por conta da pandemia Freestockcenter/Reprodução
Home / NOTÍCIAS / Ministério da Justiça notifica 100 construtoras por resolução de conflitos
quinta-feira 10 de junho de 2021 às 17:22h

Ministério da Justiça notifica 100 construtoras por resolução de conflitos

NOTÍCIAS


Empresas terão duas semanas para se cadastrar sob pena de multa que pode chegar a R$ 11,5 milhões

A Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça, notificou nesta quinta-feira (10) conforme a revista Veja, as principais empresas de construção civil do país para  ingressarem na plataforma oficial de resolução de conflitos da administração pública, o Consumidor.gov. A página permite a interlocução direta entre consumidores e empresas para solução de problemas pela internet, de forma rápida e desburocratizada.

As 100 construtoras e incorporadoras terão 15 dias para se cadastrar no portal, sob pena de multa que pode chegar a 11,5 milhões de reais. A medida foi adotada após identificação de que havia possibilidade de não cumprimento contratual por parte das empreiteiras e riscos fiscais decorrentes da pandemia no mercado da construção civil.

“Atrasos recorrentes nas obras, alinhados com a alta expressiva do Índice Nacional de Custo da Construção podem acarretar aos consumidores um maior endividamento, demandando esclarecimentos e renegociação dos contratos. E nesse momento de pandemia, são necessários mecanismos que possibilitem aos consumidores endereçar seus problemas de consumo de forma remota, facilitando a resolução de problemas sem burocracias e de forma totalmente online”, explica o diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, Pedro Queiroz.

A determinação está prevista em portaria publicada neste ano pela Senacon, que tornou obrigatório o ingresso na plataforma de uma série de empresas com o objetivo de prevenir conflitos de consumo — agravados por conta da necessidade da imposição do isolamento social durante a pandemia da Covid-19.

Veja também

Vacância de condomínios logísticos recua ainda mais no segundo trimestre de 2021

A taxa de vacância de condomínios logísticos instalados no país manteve no segundo trimestre de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!