quinta-feira 6 de maio de 2021
Foto: Banco de Imagens
Home / NOTÍCIAS / Nova alta prolonga trajetória ascendente da confiança do empresariado baiano em dezembro
sexta-feira 5 de fevereiro de 2021 às 18:35h

Nova alta prolonga trajetória ascendente da confiança do empresariado baiano em dezembro

NOTÍCIAS


O Indicador de Confiança do Empresariado Baiano (ICEB), índice que avalia as expectativas do setor produtivo do estado, calculado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), apresentou, em dezembro, um quadro de maior confiança comparativamente ao observado no mês anterior. Com este avanço, o sétimo após quatro retrocessos mensais consecutivos, o pessimismo diminuiu mais uma vez e a confiança empresarial manteve a trajetória de recuperação iniciada em junho.

Numa escala que pode variar de -1.000 a 1.000 pontos, o ICEB marcou -143 pontos, revelando-se negativo pela décima vez consecutiva. Dessa forma, com essa pontuação, a confiança do empresariado local se manteve na zona de Pessimismo Moderado.

O resultado do referido indicador em dezembro representou uma alta de 10 pontos em relação ao observado em novembro (-153 pontos). No entanto, num comparativo com o registrado um ano antes (1 ponto), ocorreu uma piora de 144 pontos. Desde janeiro, a confiança acumula uma queda de 212 pontos.

A melhora no nível de confiança de novembro a dezembro evidenciou o avanço nos indicadores de três das quatro atividades: Agropecuária, Indústria e Serviços. Apenas o setor de Comércio não apontou alta de um mês ao outro. No comparativo com o mesmo mês do ano passado, por outro lado, todas apresentaram recuo.

Do conjunto de itens avaliados, crédito, PIB estadual e PIB nacional apresentaram os indicadores de confiança em pior situação no mês. Em contrapartida, exportação, vendas e capacidade produtiva foram aqueles com as melhores expectativas do empresariado baiano.

Veja também

Bolsonaro nomeia esposa de Ricardo Barros para conselho de Itaipu

O presidente Jair Bolsonaro nomeou a esposa do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!