sábado 8 de maio de 2021
Otto Alencar, novo presidente da Comissão de Assuntos Econômicos: “Não tem como haver recuperação da economia sem solução da crise sanitária”. Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Home / NOTÍCIAS / Otto Alencar revela que foi ameaçado após sua atuação na CPI da Covid
segunda-feira 3 de maio de 2021 às 10:55h

Otto Alencar revela que foi ameaçado após sua atuação na CPI da Covid

NOTÍCIAS


Em entrevista a rádio A Tarde FM nesta segunda-feira (3) o senador Otto Alencar (PSD-BA) revelou ter recebido ameaças de morte até de evangélicos por causa de sua atuação na CPI da Covid. As intimidações começaram a acontecer após ele presidir a sessão preparatória que definiu presidente e vice da comissão.

Otto citou o caso de uma pastora de Minas Gerais, que teria feito os “piores xingamentos” contra ele. “O que me chamou atenção é o caso de uma pastora de uma Igreja Batista Monte Sinai,  de Minas Gerais, a pastora Andréia. É uma mensagem em que ela usa os maiores palavrões. Alguém que usa a palavra de Deus. Para a gente ver o nível de tensão e tensionamento que o bolsonarismo causou”, lamentou na rádio.

O parlamentar afirmou também que está acionando judicialmente as pessoas que fizeram as ameaças e disse que não vai se intimidar. “Eu não vou pro bate-boca, se o contexto da agressão tiver algo contra honra, vai para a Justiça. Não tenho receio, sou desassombrado nesse negócio. Vou agir de acordo com a legislação.”

Veja também

Câmara do Rio de Janeiro exonera 20 servidores do gabinete do vereador Dr. Jairinho

Todos os funcionários do gabinete de Dr. Jairinho na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!