sexta-feira 28 de fevereiro de 2020
Home / DESTAQUE / PSOL e MBL acionam Roberto Alvim na Justiça por discurso nazista mesmo após exoneração
sábado 18 de janeiro de 2020 às 10:45h

PSOL e MBL acionam Roberto Alvim na Justiça por discurso nazista mesmo após exoneração

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


O ex-secretário especial de Cultura Roberto Alvim, exonerado nesta última sexta-feira (17), pode ser responsabilizado judicialmente. Após escandalizar o Brasil e o mundo ao incluir um discurso nazista em um pronunciamento oficial, além de diversos adversários políticos, o Psol e MBL devem acionar a Justiça para responsabilizar o ex-funcionário do presidente Jair Bolsonaro.

“O secretário da Cultura fez um discurso nazista e caiu. Mas não pode parar por aí. Acionamos a PGR para que o edital do ‘Prêmio Nacional de Artes’ seja cancelado imediatamente e que Roberto Alvim responda na Justiça por apologia ao nazismo”, informou o Psol, através das redes sociais, destacando que ele “precisa responder judicialmente pela sua fala absurda”.

Segundo o Bahia Notícias, o advogado e coordenador nacional do Movimento Brasil Livre (MBL), Rubinho Nunes, também se manifestou a esse respeito. “Ingressarei com uma Ação Popular para afasta-lo e o representarei criminalmente no MPF”, escreveu no Twitter. Ele, no entanto, atribui à esquerda a ideologia nazista e afirma que Alvim macula seu espectro político. “Já foi tarde. Se tivesse ao menos dois neurônios saberia que nazismo é esquerda. Infelizmente esse tipo de imbecil se passa por direita quando na verdade não tem a menor noção sobre valores da liberdade e conservadorismo”, afirmou Nunes, apesar de até mesmo o Museu do Holocausto defini-lo como de direita.

Veja também

Prazo para eleitor regularizar título termina em maio

Os cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado têm até o dia 6 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!