quinta-feira 9 de abril de 2020
Home / NOTÍCIAS / “Pastor” vende álcool gel ungido por 500 reais a fiéis para proteção contra coronavírus
quinta-feira 19 de março de 2020 às 11:24h

“Pastor” vende álcool gel ungido por 500 reais a fiéis para proteção contra coronavírus

NOTÍCIAS


Polícia Civil está investigando o anúncio feito sobre imunizar pessoas para não pegar a doença

Em vídeo, pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, do empresário Edir Macedo, em suposto vídeo, estaria oferecendo aos fiéis, em culto, um frasco de álcool gel “ungido” pelo valor de 500 reais. A notícia foi divulgada de acordo com o site Brasil 247.

Em vídeo irresponsável, no último domingo (15), o empresário Edir Macedo, dono da igreja e da TV Record, disse que coronavírus é inofensivo, amplificado pela mídia e “tática de Satanás”.

Dois dias depois, outro pastor-empresário, Silas Malafaia, desafiou as recomendações do Ministério da Saúde de evitar aglomerações e afirmou que não cancelará cultos, nem fechará igrejas por causa do coronavírus.

Já o apóstolo Silvio Ribeiro, da Igreja Catedral Global do Espirito Santo, realizou uma coletiva de imprensa para falar sobre a polêmica envolvendo um culto especial realizado no domingo que prometia imunizar os fiéis do coronavírus.

A arte de divulgação do culto dizia: “O Poder de Deus contra o coronavírus. Venha porque haverá unção com óleo consagrado no jejum para imunizar contra qualquer epidemia, vírus ou doença”.

O religioso mostrou alguns milagres realizados em sua igreja, dizendo que ao longo de mais de 20 anos de ministério sempre viu Deus operar curas. Mas se arrepende de ter falado sobre o vírus que tem se espalhado rapidamente pelo mundo.

“Se soubesse que a declaração causaria polêmica ou pânico, ou agrediria a medicina e os médicos, jamais teria falado. Somente falei em defesa da minha fé, da palavra de Deus”, disse o apóstolo.

“Depois dessa polêmica, só falo em coronavírus se Deus mandar, mas vou continuar labutando pela fé. Sou um amigo dos médicos, sou um amigo da medicina, sou um amigo da ciência”, disse o apóstolo.

“Infelizmente, num péssimo momento usei as palavras erradas, e peço perdão. Vou ser amigo do que está na sociedade para ajudar o ser humano”, completou.

Todos os cultos da denominação, com sede em Porto Alegre (RS), são filmados. Por isso é possível ver que durante o culto de domingo o pastor fala sobre o vírus.

“O coronavírus é a trombeta de Deus proclamando arrependei-vos (repete). O que é o coronavírus? Não é pra ti (repete), eu vou profetizar, ninguém que é lavado, remido, redimido, perdoado, justificado, inspirado, ungido, lavado, salvado pelo sangue de Jesus, vai morrer”, revelou.

Antes do culto de domingo alguns jornalistas questionaram o pastor sobre o folheto de divulgação. Policiais também estavam no local para verificarem se o religioso cometeria o crime de charlatanismo. Ainda assim, a Polícia Civil irá investigar o caso.

Veja também

2 mil Municípios decretaram calamidade ou emergência em saúde pública por causa da Covid-19

Mais de 1.900 Municípios já decretaram calamidade ou emergência em saúde pública por conta do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *