terça-feira 3 de agosto de 2021
Lideranças do Patriota com o secretário da Serin Luiz Caetano | FOTO: Divulgação |
Home / NOTÍCIAS / Patriota na Bahia deve apoiar Rui em 2022
sexta-feira 16 de julho de 2021 às 16:45h

Patriota na Bahia deve apoiar Rui em 2022

NOTÍCIAS, POLÍTICA


O grupo liderado pelo governador da Bahia Rui Costa (PT) pode ganhar um novo aliado. É que o Patriota ensaia, através de lideranças, a retomada da aliança com o PT no estado. Essa decisão segue a esteira da crise no âmbito nacional da legenda com o afastamento do então presidente do partido, Adilson Barroso, por ter declarado ser favorável à filiação do presidente Jair Bolsonaro à sigla. Rui deve disputar uma vaga ao Senado em 2022.

O presidente nacional do Patriota, Ovasco Resende, confirmou que o vereador licenciado de Lauro de Freitas, Alexandre Marques, que atualmente é secretário de Meio Ambiente no município, seguirá como presidente da legenda na Bahia até o final de 2022, acabando com especulações sobre outro nome.

Presidente nacional do Patiota, Ovasco Resende e Alexandre Marques / Foto: Divulgação

Ovasco e Alexandre são amigos há mais de dez anos, antes até de Marques presidir o PRP da Bahia. Após fusão com o Patriota, ele continuou no comando e seria supostamente trocado caso o presidente Jair Bolsonaro se filia-se, o que não irá mais ocorrer.

Apoio a Rui Costa

E o simbolismo desta guinada do Patriota pode ser traduzido pela consolidada coalisão de forças partidárias em torno de Rui. Isso porque, nesta semana, Alexandre Marques, foi recebido pelo secretário de Relações Institucionais do Estado (Serin), Luiz Caetano, para comunicar e comemorar a retomada da direção estadual do partido com o firme propósito de fortalecimento da reaproximação da legenda com o governo estadual.

Documento da Justiça Eleitoral validando Alexandre Marques até 31 de dezembro de 2022 na presidência do partido na Bahia

No encontro, também estava presente o presidente do Patriota de Camaçari, Roberto Amarigio, que vem sendo aliado do PT na cidade nas últimas eleições, atendendo o perfil de histórico de relacionamento do presidente estadual Alexandre Marques com a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), de quem foi secretário municipal e aliado. “Declarações e demonstrações indicam que o movimento segue o roteiro de um xeque-mate nos adversários da base aliada de Rui na Bahia, que só faz crescer enquanto a oposição não consegue se organizar”, aponta interlocutor.

Veja também

Câmara de Salvador aprova Dia Municipal do Terceiro Setor

A Câmara Municipal de Salvador aprovou o Projeto de Lei n° 4/2021, que institui o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!