terça-feira 3 de agosto de 2021
Devoto de Arthur Lira (à direita), o deputado Luis Miranda (à esquerda) contou à CPI que Jair Bolsonaro delatou interesses do líder do governo, Ricardo Barros, no contrato suspeito de R$ 1,6 bilhão da Saúde para compra da vacina indiana Covaxin, com corretagem privada nacional e sobrepreço de 1.000% / Foto: Ag. Câmara dos Deputados
Home / DESTAQUE / PF pede que STF defina se Luis Miranda será investigado junto com Bolsonaro no caso Covaxin
terça-feira 20 de julho de 2021 às 16:44h

PF pede que STF defina se Luis Miranda será investigado junto com Bolsonaro no caso Covaxin

DESTAQUE, NOTÍCIAS


A Polícia Federal enviou nesta terça-feira (20) ao Supremo Tribunal Federal o pedido do ministro da Justiça, Anderson Torres, para que o deputado Luis Miranda (DEM-DF) seja investigado por possível denunciação caluniosa contra o presidente Jair Bolsonaro. A informação é da Globo News.

O pedido de apuração foi feito pelo ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, ao Ministério da Justiça após Miranda ter apontado suposta prevaricação de Bolsonaro no caso Covaxin.

O deputado e o irmão, o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda, dizem ter se reunido com Bolsonaro no Palácio da Alvorada, em março deste ano, para comunicar supostas irregularidades na compra da vacina do laboratório indiano Bharat Biotech. Bolsonaro não teria tomado providências – o que configura o crime de prevaricação.

Veja também

Financiamento imobiliário poderá incentivar geração de energia solar

A energia solar poderá ganhar incentivo do financiamento imobiliário. A legislação do Sistema Financeiro da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!