segunda-feira 28 de setembro de 2020
Home / DESTAQUE / Política: Os movimentos que não sentimos…

Política: Os movimentos que não sentimos…

quinta-feira 5 de abril de 2018 às 14:07h

Há duas espécies de movimento em política: um, de que fazemos parte supondo estar parados, como o movimento da terra que não sentimos; outro, o movimento que parte de nós mesmos”.

A afirmação não é do Acesse Política, mas sim do grande Joaquim Nabuco que a afirmou em 1870. Ele foi um político, escritor, diplomata, historiador, jurista, orador e jornalista brasileiro. Foi um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras.

Joaquim Nabuco conclui que “na política são poucos os que têm consciência do primeiro, no entanto, esse é talvez, o único que não é pura agitação”.

O movimento da política que não sentimos é lento, envolve placas tectônicas. É difícil fazer o balanço de mudanças ainda em curso, mas o fato é que nada é igual ao que passou ou passará.

Veja também

Com Cristiane Brasil presa, PTB desiste de Prefeitura do Rio

O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) não vai mais lançar candidato próprio à Prefeitura do Rio. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!