quarta-feira 11 de dezembro de 2019
Foto: Reprodução/Facebook
Home / POLÍTICA / Políticos e artistas criticam indicado para a Funarte
terça-feira 3 de dezembro de 2019 às 07:40h

Políticos e artistas criticam indicado para a Funarte

POLÍTICA


Rock leva ao aborto e ao satanismo, diz o novo presidente da Funarte

As novas nomeações do governo federal na área da cultura, nesta última segunda-feira (2) causaram uma reação do setor nas redes sociais e também de políticos, a maioria deles criticando os novos diretores.

O maestro Dante Mantovani, de 35 anos, foi nomeado como novo presidente da Funarte. Mantovani mantém um canal no YouTube, em que faz vídeos sobre música e responde a perguntas de seus seguidores. Em um dos vídeos, ele diz que o “rock ativa as drogas, que ativam o sexo livre, que ativa a indústria do aborto, que ativa o satanismo”.

Rafael Nogueira, nomeado para a Biblioteca Nacional, diz ser “professor de filosofia, história, teoria política e literatura, aspirante a filósofo e a polímata”, e se identifica com os valores de Olavo de Carvalho e se diz a favor da monarquia.

As mudanças promovidas pelo recém-nomeado secretário de Cultura, Roberto Alvim, geraram reclamações, na semana passada, inclusive de deputados governistas, por conta dos indicados políticos tinham sido demitidos.

As nomeações fazem parte de uma série de trocas promovidas pelo novo secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, para quem Bolsonaro afirma ter dado total liberdade para montar a sua equipe.

Na semana passada, Alvim nomeou Sergio Nascimento de Camargo para a presidência da Fundação Palmares, que já afirmou nas redes sociais existir um “racismo nutella” no Brasil e que a escravidão foi “benéfica para os descendentes”.

Alvim afirma que só irá falar à imprensa sobre trocas na cultura após finalizar as nomeações. Antes da sua nomeação como secretário especial, Alvim falava em montar uma “máquina de guerra cultural”.

Veja também

Silvio Humberto diz que PSB não é refém de decisão de Bellintani

O presidente do PSB em Salvador, Silvio Humberto, negou conforme publicou o jornal Tribuna da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!