sexta-feira 7 de maio de 2021
Foto: Divulgação/GCM
Home / NOTÍCIAS / Praias são interditadas em Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari e Mata de São João para frear avanço da Covid-19
quarta-feira 24 de fevereiro de 2021 às 09:29h

Praias são interditadas em Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari e Mata de São João para frear avanço da Covid-19

NOTÍCIAS, RMS


Praias de Salvador, Lauro de Freitas e Mata de São João estão todas fechadas a partir desta quarta-feira (24), para frear o avanço da Covid-19 na região metropolitana . Em Camaçari, que também fica na região metropolitana da capital, as praias estão fechadas desde o domingo (21), conforme o G1 Bahia.

Na capital, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) instalou tapumes para evitar a presença de banhistas ainda na noite de terça-feira (23). Em Salvador, as praias vão ficar fechadas durante uma semana, mas o prazo pode se estender.

Além disso, a Guarda Civil Municipal iniciou a “Operação Praia Fechada”, que conta com 80 agentes empregados na ação de fiscalização, além de 20 viaturas, sete motocicletas, dois quadriciclos, dois drones. A operação fiscalizará o trecho de quase 60 quilômetros, entre São Tomé de Paripe e Praia do Flamengo.

Apenas os pescadores e as atividades de esportes náuticos estão autorizados a acessão às praias. Em caso de descumprimento de medidas, os banhistas serão orientados pelos agentes municipais e até retirados dos locais.

Em Mata de São João, onde ficam praias conhecidas do Litoral Norte, como Praia do Forte e Costa do Sauípe, a medida também será válida até o dia 2 de março. Assim como na capital, por lá também está proibido o comércio nas praias e as atividades em quadras e campos de futebol.

Apesar disso, em Mata de São João está liberada a prática de esportes aquáticos, desde que seja respeitado o distanciamento social.

Em Lauro de Freitas, o decreto vale por 15 dias. As praias de Ipitanga, Vilas do Atlântico e Buraquinho serão interditadas e o comércio nelas também foi restringido.

No entanto, o funcionamento das barracas, na condição de bares e restaurantes, está permitido de segunda à sábado, das 9h às 17h, apenas em suas áreas internas.

Já em Camaçari, o decreto também vale por 15 dias em praias como Guarajuba, Barra do Jacuípe, Itacimirim, Jauá e Arembepe. Assim como em Lauro, os estabelecimentos comerciais das praias estão liberados para funcionar, desde que respeitem o toque de recolher.

Veja também

Tribunal absolve governador de Santa Catarina, que reassumirá o cargo

Por minoria dos votos, o Tribunal Especial de Julgamento, instalado pela Assembleia Legislativa de Santa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!