quinta-feira 9 de abril de 2020
Foto: Secom/PMC
Home / NOTÍCIAS / Prefeito de Camaçari planeja ações em relação ao coronavírus
quarta-feira 18 de março de 2020 às 07:42h

Prefeito de Camaçari planeja ações em relação ao coronavírus

NOTÍCIAS, RMS


Atento à pandemia por coronavírus (COVID-19), o prefeito de Camaçari, Antônio Elinaldo (DEM), na manhã desta última terça-feira (17), voltou a se reunir com secretários municipais, incluindo o da Saúde, Elias Natan, e equipe técnica da pasta. O objetivo foi de dar tranquilidade e propor soluções mais rápidas para a população.

“Estamos preparando ações, que visam dar respostas mais ágeis à população. Torço para que a situação não seja agravada, mas caso aconteça, e as pessoas dependam dos serviços de urgência e emergência, nós já estamos planejando a ampliação de atendimentos”, afirmou o prefeito Elinaldo.

Camaçari continua mais um dia sem casos confirmados do novo coronavírus, que mostra que a gestão municipal está no caminho certo, com decisões como a suspensão de aulas e eventos. A recomendação é que se redobre os cuidados de higiene, como lavar bem as mãos ou usar o álcool em gel 70%.

A orientação é seguir o que está publicado em decreto, a exemplo do artigo 6ª do decreto nº 7311/2020, em que orienta que a população de Camaçari em recente e/ou atual retorno de viagens internacionais devem cumprir as seguintes medidas: para as pessoas sem sintomas respiratórios, permanecer em isolamento domiciliar (autoisolamento) por sete dias; para pessoas com sintomas respiratórios leves, comunicar à Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica do Município, a fim de ser orientado sobre providências mais específicas, através dos telefones (71) 3451-0166 / 3451-0167, ou via e-mail [email protected]; no surgimento de febre, associada a sintomas respiratórios intensos, a exemplo de tosse e dificuldade de respirar, buscar atendimento nas unidades de urgência e emergência.

Estavam presentes os secretários de Governo José Gama, da Administração, Helder Almeida, da Fazenda, Joaquim Bahia, e do procurador-geral, Bruno Nova.

Veja também

2 mil Municípios decretaram calamidade ou emergência em saúde pública por causa da Covid-19

Mais de 1.900 Municípios já decretaram calamidade ou emergência em saúde pública por conta do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *